quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Carunchices

Eu bem quero abstrair-me das eleições e do circo que está montado à volta dele, mas a tarefa é quase impossível. 
Poderia lamentar-me, afirmando que isto só acontece no Sporting mas, basta fazer um rewind para verificar que também acontece no Benfica.
No Porto não acontece porque as eleições são um mero pró-forma e o Braga ir a votos não interessa nem aos próprios bracarenses...quanto mais aos media.
Bem, talvez interessasse se os seus dedicados adeptos se entregassem ao seu passatempo predilecto, que nos tempos mais recentes é andar à paulada e à pedrada.
Se é certo que eu, aos poucos, vou caindo lentamente para um dos lados, o certo é que ambas as candidaturas têm deixado muito a desejar, em matéria de programa e de lisura no comportamento.
Falo em duas candidaturas porque, a meu ver, a de Severino será tão só o fiel da balança.
Aliás, se o ex-jornalista já partiu na última posição desta corrida, quer-me parecer que a distância para os primeiros se irá acentuando, com o decorrer da prova.
Já tinha dado o mote com a infeliz declaração (a meu ver) acerca do ainda treinador leonino, mas pouco satisfeito com a propaganda à sua candidatura, hoje continuou com um discurso pateta.
Dizer que deu 450 mil euros ao Sporting, porque dos 500 mil de indemnização que ele diz ter direito só recebeu 50 mil, é conversa para tolos. 

Os outros dois, mais preocupados em bater do que em debater, têm andado numa saudável troca de galhardetes, com comunicados e contra-comunicados.
Como disse Dias Ferreira recentemente, por uma vez carregado de razão, os candidatos ainda não apresentaram grandes ideias nem projectos, mesmo que surjam do denso nevoeiro uma ou outra ideia vaga.
Ao falar de Dias Ferreira lembro-me, no imediato, de Carlos Barbosa. É que o homem do ACP afirmou, há uns meses atrás, que o ex-dirigente  representava o caruncho do Sporting.

Agora, depois de algum tempo em que felizmente nos livrámos de mais atoardas desse sujeito, eis que Barbosa regressa para dizer que: " José Couceiro vai limpar o caruncho que lá está".
Parece que o caruncho é o tema de predilecção de Barbosa, mas preocupado poderá ter ficado Couceiro.
É que com amigos destes, mais valia ter inimigos.
O apoio prestado pelo ex-responsável pelas áreas comercial e de comunicação deve saber a presente envenenado, pois certamente muitos poderão rever o seu sentido de voto, ao saber de que lado da barricada estão determinadas personalidades.
Só espero, portanto, que os sportinguistas tenham finalmente acesso às linhas mestras dos candidatos, e que estes abandonem de vez o triste espectáculo de ataques pessoais e o vazio de ideias.
O Sporting tem perdido jogos, adeptos, credibilidade...mas ainda tem muito mais a perder, nesta infindável queda no abismo.