sábado, 31 de dezembro de 2011

Respeitinho é muito bonito


Quando já nada parece afastar Xandão do Sporting, mesmo que a hipótese não agrade a todos os sportinguistas (porque os do São Paulo, esses... pulam de alegria) as normais notícias de encher chouriço tomam conta dos jornais da especialidade.
Vamos aderir à moda e dizer que hoje pudemos ficar a saber pelo pai do jogador , em declarações à TSF, que o filho é um menino bom, não por ser filho de advogado mas, porque o criou e o conhece bem. Acredito que os pais da esmagadora maioria dos jogadores de futebol, trolhas, taxistas e padeiros (só para mencionar alguns) dirão o mesmo, mesmo que não sejam advogados, mas que pelos vistos terá um peso importante na educação de um filho.
Mais curiosa ainda é a abordagem a outras questões de índole estético e religioso. "Filho meu não usa brinquinho, não tem tatuagem, inclusive ele é evangélico, entendeu?"
Sinceramente é-me indiferente a quantidade de tattoos, kalkitos,  decalques ou carimbos que cada um usa no corpo. Brincos, piercings, clips ou agrafos também não fazem de ninguém melhor ou pior jogador. Seria tarefa faraónica mencionar os grandes jogadores com algum tipo de marca, bem como tantos outros que não a têm e também nos sabem deleitar com um futebol de primeira água, mas a diferença pode estar em ter, ou não, pai advogado.
Mais pernicioso para a prática de futebol podem ser os penteados exuberantes ou de difícil trato, como alguns casos recentes que tivemos no plantel. Uma tatuagem não influencia na marcação de um penalti, um livre perigoso ou para fazer um passe de 30 metros, mas um determinado penteado pode desconcentrar na execução de qualquer um destes gestos técnicos, para lá de estar demasiado sujeito às inclemências meteorológicas.
Por fim, espero que a opção evangélica traga para os nossos lados mais um apoio, pois precisaremos que todas as forças nos apoiem. Já tive fé em jogadores de alguns credos, desde os muçulmanos Saber e Naybet, aos maioritários cristãos. Xandão professa a sua fé, e espero que trilhe os mesmos caminhos que Ele indicou a Lúcio, outro proeminente futebolista evangélico.
Fica por saber se o pai de Lúcio é advogado.
 
Depois de encher chouriço, resta desejar a todos um Feliz 2012, essencialmente com saúde, para poderem percorrer este ano que todos apregoam como crítico, mas que desejo seja tão só de transição para novos e melhores anos, de preferência com grandes sucessos do Sporting.

SL

sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

Teoria da constipação

Quando ainda estamos a mais de uma semana do clássico de Alvalade, são já perto de 40 mil os ingressos vendidos para o jogo que açambarca as atenções dos sportinguistas.
Se recordarmos que a melhor casa, até ao momento, foi no jogo contra o Nacional, onde foram vendidos mais de 45 mil, caminha-se desta feita para a melhor assistência da época.
No entanto, nesse mesmo encontro para a 12ª jornada da Liga Zon, cerca de 5 mil sportinguistas optaram por ficar em casa, ou viajar até Madrid, pois só compareceram em Alvalade pouco mais de 40 mil, pelo que não estou demasiado optimista relativamente a lotação esgotada, no encontro contra o Porto.
O cenário perfeito para dia 7 seria um grande jogo, uma vitória do Sporting e o estádio lotado, só que nesse mesmo dia o Real Madrid joga contra o Granada. Seria talvez de começar a negociar futuramente com os merengues alterações de calendário, para não colidir com os interesses do Sporting, e de alguns adeptos e associados.
Não sei porquê, mas ao falar em Real Madrid lembrei-me de Eduardo Barroso. O Presidente da Mesa da AG do Sporting esteve bem quando, recentemente, disse que quando Pinto da Costa espirrava os árbitros constipavam-se. Pois, nos meandros do jogo com o Porto, Eduardo Barroso teve uma recaída, pois já começou a pôr paninhos quentes, talvez para fazer a febre baixar. Agora diz que as declarações foram feitas "como adepto e não como presidente da Mesa da Assembleia Geral do Sporting", bem como outras considerações mais suaves, apesar de reafirmar a versão do espirro. 
Como ainda estamos a grande distância do jogo no Dragão, talvez ainda consiga ser convidado para assistir a esse jogo no camarote presidencial, a menos que coincida com o jogo do Real.

Xandão...a interrogação


Mesmo que todos os indicadores apontem no sentido de Alvalade, o certo é que continuo céptico relativamente à maioria da informação veiculada pelos media, e esperarei tranquilamente que seja confirmada a cedência por empréstimo de Xandão, para reforço do eixo da defesa no mercado de Inverno.
O nome deste central já foi apontado para o Sporting (e outros interessados portugueses) noutras ocasiões, mas só agora decidi meter a foice em ceara alheia para saber o que pode vir aí.
Os responsáveis pelo futebol leonino já enfatizaram a necessidade de reforço de determinados sectores, sempre com a premissa de serem jogadores que aportem qualidade e não...que sejam mais um.
Foi nesse sentido que procurei saber opiniões balizadas, não de especialistas no metier...não nos Freitas Lobos doutras comarcas, mas sim no adepto comum, e esses, bem...deixam antever grandes motivos de preocupação. É que não consegui encontrar, num blog dedicado ao emblema paulista, um único comentário abonatório relativamente ao jogador, senão vejamos:


vai com deus !!!!



    29/12/2011 10:38:33 - mgjs

    nao o xandao nao melhor zagueiro da historia do spfc kkkkkkkkkk



    29/12/2011 10:38:26 - cmpunk

    voce acredita em milagre,







    29/12/2011 10:32:06 - Dartos

    Só noticia boa......a BMG não vai renovar.....Xandão de saída....pra completar esse festival de boas noticias podiam anunciar a saida de Juan pras frangas



    29/12/2011 10:31:16 - mason

    Google sobre Xandão: Você quis dizer "Conão"




    vamo pagar a passagem pra ele ir mais rápido.




    hahahahahahaha, só para rir os post.
    Sai Xandão, volta lugano e miranda rsrsrsrss.....




    Vai logo antes que eles se arrependam



    29/12/2011 10:29:32 - ringo

    quando chegar lá faz uma lavagem celebral pra esquecer o caminho de volta



    29/12/2011 10:28:27 - Guetz

    Melhor noticia do anoo !!!




    SE FOR VERDADE QUE TA PARTINDO ESSE SERÁ O NOSSO MAIOR REFORÇO PRA PRÓXIMA TEMPORADA ,ADEUS BOA SORTE E VAI TARDE




    aewwww melhor noticia do dia!




    Boa Sorte!! Vai com DEUS.




    Grande Zagueiro!


      Só no TAMANHO UIehaSUIASHEihiaEAS, futebol é pequeno.




    .




    GRAÇAS A DEUS..




    Seja feita a vontade adsuhdasuhsdahdasu











Mesmo que as opiniões valham o que valem, o certo é que quando são unânimes dão que pensar. Basta pensar nos casos de Djaló e Postiga para ver que, em muitas ocasiões, o povo também tem razão.
Resta esperar !!

p.s. entretanto , podem espreitar mais uma opiniões, clicando nos links que se seguem:

Opiniões 1
Opiniões 2

Estarão a guardar as munições?


O Sporting efectuou, na manhã desta 6ª feira, um jogo treino com o Pinhalnovense, da 2ª divisão. A derrota por 0-1 não é agradável, como nunca será perder, mas tem o mesmo significado que perder num jogo treino com os juniores.
Destacam-se os regressos de alguns dos lesionados de longa data, com a satisfação de nenhum ter tido uma recaída. 
No pequeno resumo que foi transmitido nos canais noticiosos, relevaram-se os referidos regressos bem como as recorrentes oportunidades de golo falhadas, mas esses imponderáveis recorrentes tiveram desta vez um peso nulo, dado o jogo ter servido outros propósitos.
Curioso é consultar a notícia nas páginas online dos diários desportivos e verificar o ódio que o nosso clube suscita .
Quando tantas vezes se diz que os adeptos sportinguistas são obcecados com o outro clube da 2ª Circular, e não nego que em muitos casos isso aconteça, este treino vem provar que a obsessão contrária é gritante.
As apreciações depreciativas são cada vez mais frequentes, e diria que o rácio de comentários para um treino na Academia estará aproximadamente em 1 para 9, com esmagadora maioria de recalcados benfiquistas.
As opiniões são as mais diversas, mas as mais simpáticas colocam-nos a níveis inferiores ao clube do distrito de Setúbal. Perante opiniões tão sábias e sustentadas, e como o futebol é aritmética pura, não tenho pejo em afirmar que Benfica e Pinhalnovense são equipas similares, pois ambas venceram-nos por 1-0.

O Corunha quer...e eu também


Como desde há anos não consumo jornais desportivos, por razões óbvias, limito-me a consultar as edições online destas e outras publicações. Esta "política" adoptada tem a ver com a falta de isenção e lisura com que tratam o Sporting e, deste modo, não contribuo para os proventos económicos de "jornalismo" menor.
Ao consultar diariamente, ou quando tenho tempo ou paciência, tento separar o pouco trigo do muito joio, sendo que a maior parte das vezes dou o tempo por perdido mas satisfeito por, um dia mais, ter poupado na aquisição de papel impresso.
Ao início da noite, o Record online brinda-nos com mais uma pérola jornalística. Sustentam-se no diário espanhol La Vanguardia para afirmar que o Deportivo da Corunha está muito interessado na cedência de André Carrillo até ao final da época.
Eu também estaria interessado na cedência de Angelina Jolie por parte de Brad Pitt, mas deveria conhecer alguns entraves, logo a começar pela nega do marido, seguido pelo desinteresse de Angelina em "descer de divisão". Nem sequer vou  avançar com a proposta por saber que não seria sequer analisada.
Como também não costumo comprar a Vanguardia fico sem saber em que página da edição de hoje é noticiado este interesse, mas curiosamente não encontro uma única alusão ao "negócio" nas páginas online.
A notícia entretanto propagou-se pela rede e os jornais peruanos já dão enorme enfoque a essa possibilidade, mas parece-me que a fonte será a mesma do Record, e dos que o seguirem.
Para lá de Godinho Lopes já ter assegurado que ninguém sairia na reabertura do mercado (mesmo sabendo que nem sempre as opiniões emitidas correspondem à realidade), parece-me evidente que as alas às quais concorre Carrillo continuarão deficitárias, face às famigeradas lesões crónicas de Izmailov e mesmo até de Jeffrén, que tarda em regressar. Capel demonstrou nos últimos jogos que não é um super-homem, e precisará de ir para o banco uma ou outra vez.
Parece-me a mim que o Deportivo talvez tenha visto as mais recentes incursões ziguezagueantes de Pereirinha pela ala, confundido o estilo e... seja por ele o interesse.
Não custa nada lançar o boato, pode ser que a notícia se propague com igual velocidade, e ainda possamos lucrar duplamente com ...O INTERESSE DO DEPORTIVO EM PEREIRINHA!!

video


quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Nomes e números


Mesmo que Godinho Lopes teime em anunciar que não haverá dinheiro para contratações, as publicações diárias não irão desistir na sua intenção em contratar para o Sporting, mas com o ajustamento no discurso dos desejados reforços virem por empréstimo ou qualquer outro formato que dispense investimento.
Por isso é natural que os mais recentes nomes (Ninis, Xandão, Ederson, Bruno Alves, Gelson Fernandes, etc.) estejam em final de contrato, descontentes, em saldo ou em promoção (tipo leve 2 pague 1).
Já o esperado regresso de Renato Neto veio confirmar as palavras do presidente, quando afirma e reafirma que o necessário reforço para a reabertura do mercado dará primazia ao resgate das mais-valias que temos emprestadas.
Por seu turno, Renato Neto também ele decidiu resgatar, neste caso um número que nos é muito querido. Curioso é que o centro-campista que estava emprestado ao Cercle Brugge tinha como primeira opção o 23, que tinha vestido Hélder Postiga nas últimas épocas.
O número que Liedson envergou traz à memória muitos e bonitos golos, e fazia os adversários num 31. Postiga também fazia um 31, mas da paciência dos adeptos, com os seus remates aos ferros e falhas gritantes. No entanto, ambos tinham um predicado que todos desejamos seja herdado pelo jovem jogador brasileiro, que é a entrega que estes dois avançados colocavam em campo, quer na recuperação da posse de bola ou na maioria dos lances que protagonizavam.
A Renato Neto ninguém exigirá golos, mas que honre a camisola que enverga, qualquer que seja o seu número. O número nas costas só servirá para ser perpetuado se se vier a distinguir e ficar no coração dos adeptos. 
Outros números ficaram marcados pela negativa, como o azarado 7 ou o desertor 28, mas estes a história acabará por relegá-los para um patamar inferior.

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Sorteio da Taça de Portugal

No sorteio para as meias-finais da Taça de Portugal que hoje se realizou, havia uma elevada probabilidade de nos calhar em sorte uma equipa da 1ª Liga. Saiu o Nacional, mas se tivesse saído a Académica o grau de dificuldade seria semelhante, pois considero equipas do mesmo nível.
Já o facto da 1º mão ser em Alvalade vai em sentido contrário ao desejado, mas pior seria se ainda estivessem em competição outros intervenientes com outro potencial.
O jogo disputa-se no dia 11 de Janeiro, ou seja, 4 dias depois do clássico com o Porto, para a Liga. Uma semana que se afigura decisiva para a época do Sporting, mesmo que ainda fique muito campeonato e o jogo da 2ª mão da Taça por disputar.
No outro jogo da competição, a Académica irá receber a Oliveirense na 1ª mão da eliminatória.


segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

Renato Neto, curiosidades


Num momento em que se fala da possibilidade de Renato Neto regressar ao Sporting para colmatar as ausências no meio-campo leonino, principalmente as de cariz mais defensivo, achei oportuno recordar uma entrevista dada pelo jogador brasileiro à Cercle TV há quase ano e meio, mas onde são reveladas as peripécias da sua vinda para o Sporting (com Porto e Benfica pelo meio) bem como a sua preferência para actuar como 6, quando tanto se fala entre nós sobre as suas características e apetências a nível táctico.
video
Na mesma reportagem é também possível ver um jogador que, provavelmente, será mais um dos muitos que ninguém se recordará daqui por uns anos, quando virmos alguma fotografia da equipa campeã júnior de 2008/09. Mesmo que ainda pertença aos quadros do Sporting, o ganês emprestado ao Westerlo, penúltimo classificado do campeonato belga, dificilmente vingará com as nossas...ou outras cores.

Academia - Uma referência


É sempre com orgulho que vejo ser reconhecida a grandeza do Sporting. Mesmo que tenhamos passado fases de maior obscurantismo, algumas secções, atletas e principalmente a Academia levam além fronteiras o nome da instituição, talvez a melhor maneira de a propagandear.
Está no site do Sporting um vídeo relativo à estadia de 5 dias do Albion SC, de San Diego, na Academia de Alcochete, onde relata as vivências, as aprendizagens dos visitantes e a grandeza do clube.
video
 Também é possível ver a referência à experiência vivida pela equipa, no site oficial do clube norte-americano.
Espero que, num curto espaço de tempo, também a equipa de futebol profissional eleve o nome do clube a patamares de reconhecimento compatíveis com a sua história e grandeza.

sábado, 24 de dezembro de 2011

Feliz Natal

Num dia carregado de simbolismo, poderíamos divagar entre o possível regresso de Café para o Futsal do Sporting, das prendas que Domingos ansiará na chuteira ou do clássico que está à espreita, ao virar do ano.
Contudo, e como todos os agentes desportivos estão com as suas famílias a desfrutar a época, também o Núcleo se irá associar à pausa natalícia e simplesmente desejar um Feliz Natal a todos os que nos visitam, sejam eles sócios ou adeptos do Sporting,  ou "simples" curiosos, e que todos nós possamos ter a prenda conjunta que ansiamos para o ano que se aproxima, mas essencialmente que a saúde nos/vos acompanhe.

Saudações leoninas





sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

Emanuel Silva no Sporting

O Sporting alarga a sua faceta ecléctica com a incursão pela canoagem, e garantiu o expoente máximo da modalidade em Portugal, o nortenho Emanuel Silva.
Pode ler-se hoje no site do Sporting o palmarés do atleta, bem como um resumo da entrevista que sairá no jornal do clube, no próximo dia 27 de Dezembro.

“É um orgulho muito grande pertencer a um Clube como o Sporting. É um enorme passo em frente na minha carreira e quero provar ao Sporting que foi uma decisão certa apostar na canoagem. Sinto essa responsabilidade de ser o atleta fundador da modalidade no Clube e sei que será um motivo de trabalhar ainda mais, de forma a poder devolver com resultados esta aposta”.
A ambição é clara. “A época nacional começa em Março, com provas internacionais de Maio ao final de Agosto, incluindo os Jogos Olímpicos. Teremos , também, os campeonatos nacionais de velocidade, que é a «prova rainha» do calendário português da canoagem, mas não escondo que fazer um bom resultado em Londres é o principal objectivo de 2012”.

À segunda é de vez


Depois de alguns jogos menos conseguidos, era com alguma ansiedade, expectativa e preocupação que encarava esta eliminatória perante uma das revelações da temporada. Mau grado os últimos resultados da equipa insular, o certo é nos recentes confrontos com Benfica e Porto tinha vendido muita cara a derrota.
O começo do encontro veio confirmar os anseios, pois o nosso fio de jogo tinha traços do futebol desgarrado com que nos têm "presenteado" nos últimos tempos, enquanto as investidas do Marítimo punham equipa e adeptos em sobressalto. Baba e Sami fizeram-nos recordar um jogo de má memória, mas Patrício esteve imperial e soube manter-nos vivos na eliminatória.
Aos poucos fomo-nos libertando das amarras e o nervosismo inicial talvez se justificasse pela importância que esta competição pode ter para o futuro do clube e deste plantel para a presente época.
Mesmo com uma primeira parte pouco conseguida, Wolfswinkel e André Martins quase foram bem sucedidos na tarefa de colorir o marcador, mas a eficácia parecia querer virar-nos costas, de novo. Pouco depois seria Onyewu, num cabeceamento, a falhar o alvo quando apareceu solto na área, mas justificou porque é melhor central que avançado.
Na saída para o intervalo um episódio rocambolesco envolveu o staff sportinguista, com o árbitro Soares Dias a exigir a identificação, por parte da PSP, de P.Pereira Cristóvão e outro elemento leonino, após curta troca de palavras com o trio de arbitragem. Mais uma vez a demonstração de ingenuidade por parte das nossas cores, porque está demonstrado que certas atitudes deverão estar guardadas para os loooooongos túneis que levam árbitros e jogadores do relvado até aos balneários. Não quero com isto dizer que concordo com a atitude, mas...de boas intenções está o inferno cheio.
A segunda parte traria outro Sporting ao (mau) relvado de Alvalade, quase parecendo um parente rico do que andou perdido na primeira metade.
O golo de Carrillo, logo aos três minutos do reatamento, foi o clique que o Sporting necessitava para relembrar exibições de encantar, mas também foi o prémio pela ousadia. A entrada de cabeça do peruano foi o espelho da entrada do Sporting, dominador, confiante e decidido.
Seguiram-se minutos de bom futebol, só a espaços entre-cortados por tímidas  investidas madeirenses, mas o segundo golo do Sporting sentia-se chegar.
Um primeiro penalti assinalado pelo árbitro portuense foi desperdiçado por Wolfswinkel, demonstrando que o momento que atravessa não é o ideal, mas os defesas maritimistas pareciam querer a redenção do holandês. Esta surgiu pouco depois, em novo e incontestado penalti...colocando a bola para o mesmo lado do primeiro, mas desta vez com os gritos de felicidade e alívio dos adeptos sportinguistas, em fundo.
O 2º golo foi quase o carimbo para as meias-finais, até porque por essa altura já jogava contra dez, por força da expulsão do central Igor. Apesar das críticas do treinador Pedro Martins aos lances ajuízados por Soares Dias (não secundadas por João Guilherme, defesa maritimista) devo confessar que, a jogar com esta intensidade, será difícil o Marítimo acabar alguns jogos com os 11 jogadores. Aplica-se a esta equipa a máxima tantas produzida :"abaixo do pescoço é tudo canela"!!
O jogo entretanto caminhou para o seu final, mas para todos poderia ter-se prolongado por mais uns minutos, pois o futebol de contra-ataque promoveu repetidas ocasiões de golo e um espectáculo muito agradável. Insúa arredondou e conferiu um desnível merecido, essencialmente pelo produzido na segunda parte, mais uma vez provando a sua vertente atacante.

Agora resta esperar pelo regresso de férias e pelos ansiados reforços, sejam eles Jeffren, Izma e Matias ou outro que possa acrescentar qualidade à equipa. 
As oscilações recentes de Capel denotam cansaço e os inevitáveis micro-ciclos, assim como a juventude e imaturidade de Carrillo são por certo insuficientes para aguentar o que resta de época e tem que ser poupado a determinadas críticas, pelo que urgem os regressos.
Rinaudo ainda tarda, pelo que é essencial o reforço deste sector...e o que o Pai Natal trouxer a mais!! 

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Ranking de espectadores


Precisamente no dia em que se augura uma fraca assistência para um jogo de vital importância para a época do Sporting, o jornal O Jogo apresenta os dados estatísticos referentes às assistências na Liga, até à 13ª jornada.
Apesar dos números que nos dizem respeito já não envergonharem,relativamente a épocas recentes, continuamos atrás dos outros grandes no que diz respeito aos jogos com maiores assistências, bem como ao número total de espectadores no estádio.
Assim, a lista dos jogos com mais espectadores foi a seguinte:

1º Benfica - Sporting Jornada nº11 63.146
2º FC Porto - Benfica Jornada nº6 49.511
3º FC Porto - G.Vicente Jornada nº2 43.912
4º Sporting - Nacional Jornada nº12 40.405
5º Benfica - V.Guimarães Jornada nº4 38.917
6º FC Porto - Braga Jornada nº11 38.512
7º FC Porto - V.Setúbal Jornada nº4 36.511
8º Benfica - Feirense Jornada nº2 35.856
9º Benfica - Olhanense Jornada nº9 35.319
10º Sporting - U. Leiria Jornada nº10 34.214
11º Benfica - Rio Ave Jornada nº13 33.996
12º Benfica - P. Ferreira Jornada nº7 33.467
13º Sporting - V.Setúbal Jornada nº6 33.261
14º Sporting - Olhanense Jornada nº1 33.248
15º FC Porto - Marítimo Jornada nº13 32.312

Quanto ao número total de espectadores, a lista está assim ordenada:

1º Benfica 272.892
2º FC Porto 254.207
3º Sporting 199.196
4º V.Guimarães 97.955
5º Sp. Braga 68.290

Convém no entanto realçar que os dois primeiros jogos da tabela são dois clássicos, pelo que é de esperar que na recepção ao Porto, no início de Janeiro, o Sporting consiga uma excelente casa, e comece a marcar pontos também neste campeonato. 
Por último, o referido jornal não faz essa referência, mas esses números relativos ao número total de espectadores engloba os 7 jogos realizados em casa pelos dois primeiros, enquanto o Sporting só realizou 6.
Assim, o Benfica tem em média 38984 espectadores, o Porto 36315 e o Sporting 33201, mas com a referida recepção ao Porto acredito que passe a mesma média para perto dos 35 mil, o que seria um acréscimo significativo relativamente aos últimos anos e uma aproximação a quem nos precede.

Em família


Gosto sempre de fazer uma ronda pelo estádio virtual no site do clube, para ter uma ideia de como será a afluência dos adeptos sportinguistas, em dia de jogo.
Hoje a decepção foi grande, pois deparei-me com os sectores tradicionalmente mais procurados com grandes clareiras (para ser optimista).
Num jogo com esta transcendência para a época do Sporting, mesmo sabendo que os tempos que atravessamos são difíceis e a hora e dia do jogo não é a mais apelativa, esperava uma muito maior adesão dos adeptos de Lisboa e arredores, para empurrar a equipa para as meias-finais.
Não acredito numa assistência superior a 15/20 mil espectadores, no que será a pior casa da época, a menos que todos se estejam a guardar para a hora do jogo.
 

SCP 25 Madeira SAD 33


O Sporting voltou ontem a dar uma pálida imagem do seu valor, e do seu historial, ao ser derrotado 25-33 pelo Madeira SAD.
A equipa leonina só conseguiu equilibrar o jogo até aos 5-5 mas a partir desse momento viu avolumar a diferença, que chegou a cifrar-se em 10 golos, a 4 minutos do final. 
Desde a longínqua vitória ante o Benfica que as exibições não têm sido convincentes, e os empates com ABC e Belenenses foram um aviso que, pelos vistos, não colheu.
Com o empate do Águas Santas no terreno do Belenenses o Sporting poderia recuperar o 2º lugar mas, ao invés, acabou por ver afastar-se essa possibilidade, bem como vê perigar o 3º lugar para o Benfica.
Por sua vez, o Porto, que encontraremos na próxima jornada,continua a melhorar os seus índices de jogo e tem vencido sem contestação adversários que nos têm colocado alguns problemas.  Antevê-se um complicadíssimo jogo no pavilhão portista, equipa que nos 2 últimos jogos marcou mais de 45 golos, e viu aumentar a liderança na classificação.

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Daniel "Japa" a caminho?

Segundo noticia hoje o site esporte guarapuava, parece que depois de Caio Japa teremos um Daniel Japa.

"Após algumas semanas de especulações Daniel Japonês confirma sua contratação junto ao Sporting de Portugal. O pivô que foi artilheiro do campeonato paranaense de 2010 e da primeira fase do estadual de 2011, despede-se de Guarapuava mas afirma que sente muito em não poder ficar. A oferta para jogar foi muito boa e nós atletas dependemos destas condições, afinal o futsal é muito diferente do futebol e os valores não se comparam, no exterior mesmo longe de quem gostamos e dos amigos, temos a possibilidade de ganhar um pouquinho mais e melhorar nossa condição de vida, finalizou Daniel.
Com contrato firmado de 1 ano e 6 meses Daniel jogará ao lado de mais 7 brasileiros e viajará para Portugal no dia 02 de Janeiro de 2012, enquanto isso Japonês segue treinando e se preparando fisicamente na cidade de Lajes-SC local de residência de seus familiares. Além desta notícia o artilheiro teve a felicidade nesta semana do nascimento de seu primeiro filho Hiago que nasceu no Rio Grande do Sul e está muito saudável."

Falta o Sporting confirmar a notícia mas, a concretizar-se, trata-se um reforço para um sector carenciado, desde a saída de Cardinal.

video



Mau olhado


O internacional português do Sporting, Fernando Leitão, foi operado esta quarta-feira, para corrigir uma lesão nas costas, anunciou o site oficial dos leões, estando previsto um período de recuperação entre as 10 e as 12 semanas.
Depois de Preá, Djô e Buiu, Leitão é a última vítima deste mau-olhado que se abateu sobre o plantel de Futsal do Sporting.
O Sporting só volta a jogar para o campeonato no dia 15 de Janeiro, na recepção ao Belenenses, mas uma semana antes tem o compromisso para a Taça de Portugal, recebendo o São João no pavilhão Paz e Amizade. Esperemos que o cenário comece a desanuviar, por altura dos importantes compromissos que terão pela frente na segunda metade da época.

Ping ou pong


Depois de Eduardo Barroso, foi a vez de Sousa Cintra se unir nas vozes contra o que considera(mos) falta de isenção por parte do sector da arbitragem.
Entretanto, a SAD demarca-se destas posições, numa atitude "apaziguadora" mas que muita gente não compreenderá. Essencial, no meio deste imbróglio, será não ficar calado, seja pelos canais oficiais ou...pelos oficiosos.
O Porto sempre se faz ouvir a uma só voz, mas mesmo quando são outros os interlocutores, a mensagem é a mesma. Contudo, em vésperas de jogos decisivos a figura-mor de tudo o que simboliza o futebol português nas últimas duas décadas, surge a reclamar protagonismo. Como nós nos cosemos com outras linhas e não nos são permitidos determinados subterfúgios, talvez necessitemos de outras estratégias de comunicação. 
Já na eleição para os corpos sociais da FPF a nossa posição foi ambígua, mas também aí quero acreditar que tenha sido uma tentativa de jogar nos dois campos, mesmo que ambos fossem campos minados.

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Nextgen Series

Com a vitória de hoje no campo do PSV Eindhoven, o Inter de Milão confirmou a presença em Alvalade, para os 1/8 final da NextGen Series, jogo a disputar no final de Janeiro.
Recorde-se que o Sporting já tinha carimbado a passagem a esta fase da competição há muito, e esperava pacientemente por adversário.

Quadro completo dos 1/8 final 

Barcelona x Ajax
Sporting x Internazionale
Aston Villa x Marseille
Tottenham x Liverpool

A fase final da competição, a realizar no mês de Março em Londres, contará com os vencedores das 4 eliminatórias.

Comer e calar


Nada melhor que o semi-desaire de Coimbra para alguns órgãos de comunicação social voltarem à carga. 
Hoje, o jornal A Bola diz que Domingos está na mira do Atlético de Madrid, que a transferência de Diego Rubio está a ser investigada pela FIFA e que Godinho Lopes avisa para os tempos difíceis que aí vêm.
Penso que esta última não é novidade para ninguém, nem pode ser considerada falaciosa, pois todos somos conscientes da conjuntura mundial que não deixará os clubes imunes. Quanto às outras, acredito que sejam para cair no esquecimento, daqui por uns dias.
Estas palavras de Godinho Lopes surgem na declaração semanal dirigida aos sócios, mas eu gostaria de ver implementada uma estratégia mais eficiente  pela transparência do futebol nacional. 
A última jornada foi, uma vez mais, espelho do modo de actuação dos protagonistas do futebol de trazer por casa.
Num jogo em que o Porto saiu vencedor, o seu presidente não se coibiu de vir a lume atacar o árbitro desse encontro. Segundo as suas palavras, "estava em cima da jogada, não viu o lance que envolveu Belluschi, então não tem condições para arbitrar, porque vê mal" mas continuou o ataque dizendo que, se viu....pior ainda, e também não tem condições para apitar, associando-o (com razão) a um célebre jogo em que assinalou 3 grandes penalidades a favor do Benfica, sendo que duas delas eram inexistentes. O árbitro visado e confesso adepto benfiquista veio, entretanto, fazer mea culpa e reconhecer o erro reforçando, no entanto, ter ultrapassado o incidente.
Quando, no início da época, o Sporting se bateu pela verdade desportiva, rapidamente saltaram a terreiro os defensores do indefensável, e a greve aos nossos jogos decretada por alguns árbitros foi o epílogo que muitos acharam natural. O Facebook, nesse caso, foi esquecido pelos membros da arbitragem. Gostaria de ver onde param agora esses agentes desportivos, na defesa dos interesses da classe. Claro está que, nesta doutrina, quando o Papa fala os seus fiéis só têm que venerar as suas palavras, mas para quem não professa a mesma fé, dá vontade de procurar outra religião.
No entanto, estas declarações tão só vêm realçar aquilo que proclamo, e que salta à evidência no modus operandi de certos protagonistas, desde há décadas. As críticas veladas na vitória são ainda mais eficientes que na derrota. Criticar na derrota é o que todos fazem, e nós perdemos uma excelente oportunidade de continuar a defender os interesses do clube, quando em sucessivas vitórias nos debatemos, calados, com dualidade de critérios gritantes. 
Será de muito mau tom voltar às críticas das 3 primeiras jornadas, quando surgir novo desaire, e o penalti que ficou por marcar em Coimbra, em tudo semelhante ao que suscitou as críticas de P. da C. e o ataque cerrado deste a um dos bastiões benfiquistas nos campos de futebol,  foi só mais um episódio nas apreciações a que temos estados sujeitos. 
Seria óptimo que as nossas críticas se calassem, pois seria sinal que estamos na senda das vitórias, mas seria lícito repensar a estratégia de defesa da equipa de futebol, mesmo que a vitória lhe sorria.

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Festa dos Núcleos do Distrito de Coimbra - Apresentação


Em dia de Académica-Sporting, teve lugar a apresentação de uma iniciativa conjunta dos Núcleos Sportinguistas do Distrito de Coimbra, que contou com a presença da Direcção do Sporting C. Portugal.
Têm vindo a decorrer reuniões, onde têm marcado presença alguns dos Núcleos do Distrito que se mantêm em actividade e que pretendem associar-se à iniciativa, que tem o intuito de celebrar uma festa anual, onde se pretende fortalecer as relações entre Núcleos, os laços leoninos e enaltecer o nome do Sporting Clube de Portugal.
Aproveitando a deslocação da equipa principal a Coimbra, endereçou-se o convite para o Sporting se fazer representar na apresentação pública e à comunicação social que se celebrou neste Domingo. O Sporting fez-se representar ao seu mais alto nível, numa comitiva liderada pelo Eng. Luís Godinho Lopes e ainda por Rui Paulo Figueiredo, João Pedro Varandas, João Mota Lopes e Rogério de Brito.
Depois da chegada à sede do Núcleo Sportinguista de Pereira, onde Godinho Lopes assinou o livro de honra e ainda teve oportunidade de dirigir algumas palavras aos presentes e à comunicação social destacada para cobrir o evento, seguiu-se a recepção onde foi servido um Porto de Honra.
Prosseguiu a jornada com a referida apresentação, que contou com representantes dos Núcleos que aderiram à iniciativa, estando ainda em aberto a possibilidade de receber no seu seio mais aderentes. Os Núcleos da Carapinheira, Pereira, Brasfemes, Pedrulha, Vila Nova de Anços, Penacova, Ançã, Figueira da Foz e Mondego são os subscritores do documento, que elegeu uma comissão coordenadora para a organização do evento, que terá a sua 1ª edição no dia 14 de Abril de 2012.
No evento público de apresentação tomaram palavra algumas das entidades presentes. O Presidente do Núcleo de Pereira, como organizador da recepção, deu as boas-vindas aos presentes, a que se seguiram discursos do Presidente da Junta de freguesia de Pereira, Câmara Municipal de Montemor-o-Velho, Presidente da Turismo Centro de Portugal e da Mesa da Assembleia Geral do Núcleo Sportinguista da Carapinheira, Coordenador da Comissão da Festa e, para terminar, o Presidente do Sporting Clube de Portugal.
Antes do repasto, a Direcção do Sporting e os representantes dos Núcleos realizaram uma reunião de trabalho, para definir linhas orientadoras para o futuro.
Para culminar esta jornada de confraternização, celebrou-se um almoço onde foram homenageados os ex-jogadores Manuel Fernandes e Pedro Gomes, que teve oportunidade de promover o seu livro, Linha de Cabeceira.

 Sede do Núcleo Sportinguista de Pereira

 Assinatura do Livro de Honra

Presidentes do NSP e do SCP

Núcleo Sportinguista da Carapinheira com o Eng. Godinho Lopes

 
Mesa de Honra da cerimónia

 Logótipo da Festa dos Núcleos do Distrito de Coimbra

 Discurso de Godinho Lopes, Presidente do SCP

 Entrega de uma lembrança por parte de Luís Moura, Presidente do NS Carapinheira

 Eng.Godinho Lopes, Dr. Pedro Machado (Turismo do Centro e Pres. Mesa Ass. Geral do NS Carapinheira) e Manuel Fernandes

  Dr.Pedro Machado, Manuel Fernandes e João Letra (NS Pereira)

 Homenagem a Manuel Fernandes

 Entrega de lembrança ao NS Pereira, organizador do evento

Homenagem a Pedro Gomes

 Luís Moura, presidente do NS Carapinheira e Pedro Gomes, em momento da dedicatória do livro

Insuficiente...no exame de Coimbra


Quando Wolsfwinkel falha um penalti em andamento, ainda nem estavam decorridos 3 minutos de jogo, a sorte do jogo deu logo indícios que não quereria nada connosco, neste dia. 
Há jogos onde se diz que "podíamos estar todo o dia a jogar e não marcávamos um golo"!! Acontece que marcámos esse golo, e muitos ficámos a dever à contabilidade final, pelo que poderemos ter inventado um novo ditado futebolístico."Podíamos estar todo o dia a jogar e não marcávamos o segundo"!!.
Estes são daqueles jogos em que não fizemos um grande jogo, à imagem do que vêm sendo as últimas exibições, mas com oportunidades suficientes não só para vencer, como para nem sequer passar por dificuldades. Não vou, ao invés de muitos sportinguistas, criticar abertamente exibições ou opções. Para isso está a comunicação social, sempre pronta para abater o Sporting, e para isso estão os nossos adversários, sedentos pela nossa queda.
Acontece que, em épocas recentes, para lá de não vencermos regularmente, o fio de jogo era deprimente, e ficávamos com a sensação que qualquer equipa nos poderia vencer. Hoje, como noutros jogos, fiquei com a sensação que só nós poderíamos vencer.
Mesmo com a referida falha escandalosa de Ricky, e apesar da primeira parte menos conseguida, é frustrante defrontar equipas que pouco fazem para vencer um jogo, mas que na primeira vez que se aproximam da nossa área mostram como se faz uma canoa com 3 pauzinhos.
Foi com 3 passes que puseram a bola na baliza de Patrício, e foram os nossos passes e as más decisões que não permitiram uma primeira parte mais conseguida.
A segunda foi diferente, com as alterações introduzidas por Domingos. Um aparte para dizer que compreendo a opção de deixar Carrillo no banco, ao contrário do que a generalidade de entendidos acredita ser o melhor para a equipa. O avançado peruano já demonstrou que ainda não é jogador para 90 minutos, e a opção por Pereirinha é a possível, dada a carência de jogadores para aquela posição. Se alguma das claras oportunidades de Wolfswinkel, a de Insúa...ou a de Onyewu, de baliza aberta, tivesse entrado, todas as opções de Domingos teriam sido as mais acertadas. O treinador leonino não pode ser responsabilizado por bolas que não querem entrar por manifesta infelicidade, por caprichos do jogo, ou por noite azarada deste ou daquele.
Só a meio da segunda parte fomos verdadeiramente dominadores, e as investidas à baliza academista foram constantes, mas o destino foi sempre o mesmo, se exceptuarmos o lance iniciado por Carrillo e finalizado por Elias.
Mesmo com 10, após expulsão de Elias, que nos enfraquece de um modo perigoso para o jogo da Taça de Portugal na próxima 5ª feira, a vontade na recuperação da bola foi de realçar, mas a sorte do jogo estava traçada, quase desde o lance inicial de Wolfswinkel. 
Ainda ficámos a reclamar (mais) uma grande penalidade, e mesmo que no programa da TVI o expert Pedro Henriques tenha dito que o lance foi bem ajuizado, continuo a considerar que o penalti seria a decisão mais correcta. Num lance em que um jogador academista alivia uma bola em pontapé de bicicleta, em que dividiu a bola com a cabeça de Schaars, o ex-árbitro também acha que terá sido correcto, como acharia bem se o árbitro tivesse assinalado livre indirecto dentro da área. Pois, o problema é que na arbitragem ou é ou não é, e isto do poderia ser...é só para alguns, enquanto para outros...É!!
Resta esperar que a equipa se redima num jogo crucial para a época, contra o Marítimo, de modo a  manter intactas as aspirações e a esperança junto dos adeptos.

sábado, 17 de dezembro de 2011

Hóquei em Patins


O Sporting averbou hoje a primeira derrota no Nacional da 2ª divisão, Zona Sul, na recepção ao Biblioteca IR.
O resultado final de 4-9 teve tanto de desnivelado como de inesperado mas, acontece que ninguém é imbatível e numa equipa recheada de juventude, pode perfeitamente acontecer um desfecho como o de hoje.
Como também se aprende nas derrotas, acredito que este resultado servirá para tirar ilações, mas também vem demonstrar que o campeonato em disputa tem qualidade e nada está ganho, por antecipação.
Na classificação, o Sporting mantém-se na liderança mas viu ser encurtada a confortável vantagem, embora Sporting e Tomar tenham um jogo a menos.



Sporting CP 22
HC Turquel  21
Biblioteca     18
SC Tomar    17