sábado, 3 de dezembro de 2011

Desmentido (uma vez mais)

O Sporting reagiu ontem, em comunicado, ao propalado interesse do clube em Ricardinho, difundido pela imprensa.
Aqui no blog também fizemos questão de referir a notícia, com a esperança que pudesse ser verdadeira, mas sempre sem perder o norte e com um pé assente no chão, pois sabemos de que fibra são feitos os jornaleiros desportivos.
Seria pouco credível, dados os valores que aufere o atleta, e conhecedores da realidade portuguesa e do Sporting, em concreto, mas dada a valia do atleta e as lacunas que encontramos no plantel, para os objectivos a que nos propomos, achámos por bem alimentar a suposta notícia.

O documento está disponível na página do clube, e diz o seguinte:

Perante as notícias vindas a público nos últimos dias, segundo as quais o Sporting Clube de Portugal estaria interessado na contratação do jogador de Futsal Ricardo Filipe da Silva Braga justifica-se o seguinte esclarecimento:
1 - Não obstante o inegável valor do atleta Ricardo Filipe da Silva Braga, considerado o melhor futsalista do Mundo, e por esse motivo facilmente associado àquela que foi considerada a melhor equipa da Europa de Futsal da época 2010/2011 e que actualmente lidera o Ranking da UEFA, o Sporting Clube de Portugal esclarece que não estabeleceu qualquer negociação com o objectivo de contratar o referido atleta.
2 - O Sporting Clube de Portugal tem neste momento o seu plantel constituído por atletas em que deposita toda a confiança para que sejam alcançados os objectivos definidos para a época em curso, sendo que todo e qualquer ajuste do mesmo será efectuado no momento considerado adequado pelos responsáveis técnicos da equipa, e não por impulso de notícias falsas e sem qualquer fundamento.
3 - O Sporting Clube de Portugal repudia veemente o péssimo serviço jornalístico prestado por todos os órgãos de comunicação social que sem qualquer consulta aos responsáveis do Sporting Clube de Portugal afirmam categoricamente inverdades que apenas mancham o bom nome das entidades noticiosas para quem alguns jornalistas prestam serviços.

Ricardo Henriques Tomás
Vogal do Conselho Directivo

02-11-2011