quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Uma espreitadela à Europa


Apesar de ainda faltarem mais de 2 meses para os 1/16 final da Liga Europa, a 6ª jornada da Liga dos Campeões já ajudou a clarificar a composição dos grupos, respectivos cabeças de série e possíveis emparelhamentos.
É que, ainda que falte a última jornada e algumas decisões, já é possível adivinhar uma dificuldade acrescida, naquela que provavelmente será a Liga Europa mais competitiva desde que foi criada.
Na rescaldo da 5ª jornada, ouvia uma rádio depois do jogo com o Zurique  e foi com estupefacção e perplexidade que ouvi um comentador dizer que o Sporting tinha no mínimo, por obrigação, de ir até à final, dada a qualidade da equipa e a concorrência ser notoriamente inferior.
Não sei se tal delírio se deveu ao jogo conseguido do Sporting, ou ao esquecimento dos potenciais rivais da Champions, e de mais alguns da própria Liga Europa.
Até ao momento, como cabeças de série e jogando fora na 1ª mão estarão - SPORTING, Man. City, Man. United, Olimpiakos, Valência, Paok (ou Rubin Kazan), St. Liége, PSV,  Stoke City (ou Besiktas), At.Bilbao, Metalist, Clube Brugge (ou Braga), At. Madrid (ou Udinese), Schalke 04, Twente e Anderlecht (ou Lokomotiv).
No Pote 2, e jogando a 1ª mão em casa, estarão provavelmente - Porto, Trabzonspor, Ajax, Plzen, Rubin Kazan (ou Paok), Hannover 96, Légia Varsóvia, Lázio (ou Vaslui), Besiktas (ou Stoke City),Salzburgo (ou PSG), Az Alkmaar (ou Austria Viena), Braga (ou Clube Brugge), Udinese (ou At.Madrid), Maccabi (ou Steua B.), Fulham (ou Wisla C.) e Lokomotiv (ou Anderlecht).
Sendo que não nos poderemos cruzar  com Lázio nem com Porto e/ou Braga, sobram 13/14 equipas de potenciais bem dispares, desde os perigosos Udinese, Ajax, Hannover ou Besiktas...até aos mais apetecíveis Plzen, Maccabi ou Trabzonspor.
Também há que referir que, até Fevereiro, muita água passará por debaixo das pontes, como soi dizer-se. É que não acredito que, por exemplo, o Manchester United se apresente na forma lamentável desta fase de grupos, assim como espero ter um Sporting completo e ainda mais competitivo que o actual, pois o plantel espartilhado não tem permitido mais e melhor.
Enquanto os despromovidos Valência e Manchester City, outros dois grandes candidatos a estar presente no Estádio Nacional de Bucareste, em Maio do próximo ano, se viram integrados em grupos fortíssimos, onde qualquer percalço ditaria o afastamento, já Porto e Manchester se apresentaram abaixo das expectativas, mas continuarão a figurar nas casas de apostas, como potenciais vencedores.
Imaginar uns 1/4 final com Sporting, Man.United, Man.City, Valência, Porto, At.Madrid, Lázio e Udinese, por exemplo, seria como estar perante uma qualquer eliminatória da Champions.
Na próxima semana tudo ficará decidido, e esperemos que na sorte das bolas, nos saia uma que permita acalentar esperanças e possibilite que continuemos a fazer conjecturas, prognósticos e crónicas desta competição.