sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

Estarão a guardar as munições?


O Sporting efectuou, na manhã desta 6ª feira, um jogo treino com o Pinhalnovense, da 2ª divisão. A derrota por 0-1 não é agradável, como nunca será perder, mas tem o mesmo significado que perder num jogo treino com os juniores.
Destacam-se os regressos de alguns dos lesionados de longa data, com a satisfação de nenhum ter tido uma recaída. 
No pequeno resumo que foi transmitido nos canais noticiosos, relevaram-se os referidos regressos bem como as recorrentes oportunidades de golo falhadas, mas esses imponderáveis recorrentes tiveram desta vez um peso nulo, dado o jogo ter servido outros propósitos.
Curioso é consultar a notícia nas páginas online dos diários desportivos e verificar o ódio que o nosso clube suscita .
Quando tantas vezes se diz que os adeptos sportinguistas são obcecados com o outro clube da 2ª Circular, e não nego que em muitos casos isso aconteça, este treino vem provar que a obsessão contrária é gritante.
As apreciações depreciativas são cada vez mais frequentes, e diria que o rácio de comentários para um treino na Academia estará aproximadamente em 1 para 9, com esmagadora maioria de recalcados benfiquistas.
As opiniões são as mais diversas, mas as mais simpáticas colocam-nos a níveis inferiores ao clube do distrito de Setúbal. Perante opiniões tão sábias e sustentadas, e como o futebol é aritmética pura, não tenho pejo em afirmar que Benfica e Pinhalnovense são equipas similares, pois ambas venceram-nos por 1-0.