sábado, 29 de dezembro de 2012

Diz que joga o Sporting

A equipa B do Sporting joga hoje em Portimão o encontro relativo à 20ª jornada da II Liga.
Os jovens jogadores leoninos têm mais um difícil jogo pela frente, pois vão encontrar uma equipa numa confortável posição (9º lugar) e numa fase positiva da época.
A contrastar com a série dos algarvios (uma derrota nos últimos 5 jogos) está o Sporting B, com uma única vitória nos últimos 6 jogos, o que tem afastado a equipa da luta pelo primeiro lugar. 
Pode acompanhar em directo o desenrolar do jogo a partir das 20.15 horas, na SportTv1 ou numa das ligações que  disponibilizamos.


Portimonense - Sporting B (link 1)



Portimonense - Sporting B (link 4)

Portimonense - Sporting B (link 5)



Ah, diz que a equipa principal joga também hoje, pelas 19.45, e que o jogo dá na TVI. 
Quem quiser aceder às imagens do jogo, terá que ser por sua conta e risco. 

sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

A rifa

Depois de me debater durante largos períodos sobre a pertinência de alguns textos que poderia ter publicado neste espaço, face à actualidade leonina, acabei por me render à necessidade de gozar, também eu, de umas mini-férias do Sporting.
Se os jogadores que compõem o actual plantel estavam sedentos de uns dias de repouso para assentar ideias, muito mais precisamos nós, adeptos, por forma a afugentar alguns dos fantasmas que nos assolam.
Enquanto os nossos valorosos atletas recarregavam, então, as baterias para a segunda parte da época, os jornalistas de serviço não deixaram esgotar o filão que este Sporting representa, e as notícias e protagonistas desfilaram, mesmo que esta seja uma época de paz e harmonia.
As palavras que mais me chamaram a atenção acabaram por ser as do treinador Manuel José, onde a habitual eloquência e simplicidade na mensagem faz-nos tremer ao pensar...se o homem tem razão.
Já foram muitas as previsões falhadas do Manel, mas algum do raciocínio do técnico algarvio faz sentido, mesmo que seja normal que o adepto comum se revolte contra previsões e visões catastrofistas.

Apesar de alguns notáveis do clube rejeitarem liminarmente tal cenário, penso que não é nada descabido afirmar que..."Na posição em que o Sporting está, isso pode acontecer. Não se pode dizer que é impensável o Sporting descer de divisão."
 
É óbvio que a frase é dolorosa, provoca urticária e dores articulares mas, dado que a história e grandeza não ganham jogos, ao olharmos para a classificação e verificarmos (mesmo que olhemos aturadamente para aqueles números eles não se alteram) que quase na viragem da primeira volta estamos a 2 pontos da linha de água e a 20 do primeiro classificado, não colocar o cenário de descida é enfiar-nos, uma vez mais, na carapaça.
Se à questão fria dos números juntarmos o triste e pobre futebol praticado, então não restarão muitas dúvidas que o cenário é, efectivamente, real.

Manuel José também disse: “Nunca vi equipa nenhuma do Mundo com 5 capitães e nem um líder sequer tem”.
 
Mais palavras para quê?
Fala uma velha raposa e com larga experiência nos mais diversos habitats.
 
No entanto, como o relógio na pára e as palavras de Manuel José terão que ficar em cima da secretária para serem comparadas com o futuro próximo, resta apontar baterias para a jornada desportiva que se aproxima.
O Sporting já prepara os próximos embates, tanto para a Taça da Cerveja como para o campeonato.
Qualquer dos adversários que iremos defrontar nas próximas duas semanas podem ser considerados como revelação da temporada (até ao momento) pelo que são jogos que terão um grau de dificuldade acrescido (se possível).
Antes do duplo embate com o Paços de Ferreira no arranque do novo ano teremos este difícil jogo contra o Rio Ave, equipa que no campeonato se mantém em lugar europeu e, ainda, de olho no Braga.
Já o arranque para a Taça da Liga não lhe correu de feição, pelo que este jogo poderá ser decisivo para as duas equipas. Curioso é que Rio Ave e Sporting podem anular-se mutuamente, pois se o Paços vencer o seu jogo em casa e o empate prevalecer no Estádio dos Arcos, ambas as equipas ficarão automaticamente sem hipóteses na competição.
Por isso, só a vitória interessa. 
Na equipa vilacondense não joga João Tomás, que costuma ter uma predilecção pelas nossas balizas. Menos animadora é a ausência de......................(rufar tambores....)........................ Alberto Rodriguez.
Se, por ironia do destino...por um alinhamento anormal dos astros ou, quem sabe, por estar perto (de novo) o fim do mundo, o defesa peruano jogasse amanhã, o mais provável era lesionar-se passados 10 minutos, o que seria vantajoso para o Sporting.
Rodriguez, como se recordarão, chumbou nos testes médicos no Corunha, pelo que o Sporting acabou por doá-lo ao Rio Ave, talvez em prol da medicina. O departamento médico do Rio Ave deve ter pedido reforços à AMI ou aos Médicos sem Fronteiras para lidar com este caso.
Se a sua contratação confirmou-se como mais um péssimo negócio, a sua dispensa foi dos poucos actos racionais de quem pensou o plantel para a presente época.
O peruano jogou 100 minutos durante a época, em 3 singelos jogos, e só isto é que pode fazer-me sorrir, perante a quantidade de notícias que me fazem chorar. 
 
Concluindo,amanhã, mais ou menos a esta hora, ficaremos a saber se as férias fizeram bem ao plantel ou se (como infelizmente acredito) foi só um adiar do sofrimento que nos tocou na rifa.

segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

Papagaio de Natal

Há uns anos atrás dizia-se que o Sporting não chegava ao Natal.
É óbvio que tal afirmação referia-se às más prestações do clube no campeonato nacional mas, nos tempos que correm, o referido dito popular parece querer ganhar novo sentido quando, cada vez mais, alguns põem em causa a própria sobrevivência do clube.
Apesar deste ser o Natal mais negro de que há memória para os sportinguistas, e um dos mais cinzentos para a generalidade dos portugueses, não podemos deixar de ter esperança num futuro melhor, mesmo que em ambos os casos seja possível, mas não desejável, um ano 2013 ainda pior.
Por isso, os meus desejos (em nome do Núcleo da Carapinheira) para todos os leitores do blogue, qualquer que seja o seu credo, raça, ideologia ou crença desportiva, é que o Natal seja passado em harmonia.
Dado que este ano não é possível fazer grandes pedidos para ambas as condições (sportinguista...e português), espero continuar a encontrá-los neste espaço e que a saúde nos acompanhe a todos.
Num ano onde tudo foi diferente para as nossas cores, fica a ilustração desta quadra...não com a habitual árvore ou presépio de Natal.
O papagaio de Natal...de ano novo ou da Páscoa está destinado a acompanhar o percurso do Sporting e, pelos vistos, temos que aprender a viver com ele.
 
Para todos, um FELIZ NATAL.

 



domingo, 23 de dezembro de 2012

Em piloto automático

As linhas telefónicas da Argentina têm apresentado alguns problema de fiabilidade.
Nem quando os nossos jogadores estão de férias são deixados em paz e, deste modo, enquanto passam férias no país das pampas, Viola pareceu dizer que o Sporting lutará pelo acesso à Liga Europa e agora Rinaudo pareceu dizer que o Sporting tentará o acesso à Liga dos Campeões.
Só podem ser dificuldades de comunicação.
Rinaudo também pareceu dizer que as sucessivas mudanças no comando técnico não têm ajudado o grupo.
Nisso até posso concordar, se foi mesmo isso que ele quis dizer, mas isso só acontece em clubes que não têm um modelo de jogo consolidado nem um ADN próprio.
Claro está que comparar o Sporting ao Barcelona é o mesmo que comparar uma cavala a um atum, mas é curioso verificar o que tem acontecido no comando técnico do Barça nos últimos meses.
Guardiola, que apesar de ter tido a corda ao pescoço acabou por criar um ciclo ímpar na vida do clube, deixou o clube no final da época passada.
Apesar da grandeza do clube, não apostaram nos nomes grandes do futebol mundial mas sim na prata da casa.
Saiu Guardiola, que tinha vindo da equipa B e ascendeu Tito Vilanova, o seu adjunto.
Resultado?
O Barça continuou igual.
Agora, Vilanova teve uma recidiva do seu grave problema de saúde e ascendeu Jordi Roura.
Ou seja, o adjunto do adjunto.
Resultado?
O Barça continua a vencer.
Se o Barça ainda tivesse treinadores estrangeiros, só faltava mesmo vir o tradutor...que em tempos foi Mourinho.
No Sporting começou-se a época com Sá Pinto. Perdemos até não poder mais e ascendeu Oceano, da equipa B.
A equipa perdeu ainda mais, e de forma mais escandalosa.
Depois de uma espera agónica lá apareceu Vercauteren, e os resultados foram quase os mesmos.
É que isto do ADN não se adquire numa qualquer loja de conveniência.

Eu sei que o Barcelona viaja com piloto automático enquanto no Sporting, quer-me parecer, alguns marinheiros não têm qualidade, temos capitães a mais e até o comandante vê o navio completamente desgovernado.
 
Se o nosso viaja em piloto automático, deve ser um da loja dos chineses!!

sábado, 22 de dezembro de 2012

Sporting B - Leixões (directo) II Liga

O Sporting B recebe o Leixões, a partir das 16.00 horas, em jogo a contar para a 19ª jornada da II Liga. A equipa leonina, que na última jornada conseguiu por fim inverter o ciclo negativo por que passava, recebe uma equipa que ocupa actualmente o 14º lugar mas que é um eterno candidato à subida de divisão. A jovem equipa leonina já não vence um jogo em casa desde 28 de Outubro, mas espera-se que o encontro de hoje sirva para consolidar a equipa no 2º lugar e afastar de vez esse fantasma. Pode acompanhar o jogo na ligação que aqui disponibilizamos.

sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

Primeiros ratos a abandonar o navio

Obrigado, Sion!!

Gelson Fernandes, o jogador suíço de origem caboverdiana foi hoje anunciado como reforço para a equipa do Sion, até final da época.
Melhor que isto, só se tivessem anunciado que tinha sida vendido mas, não podemos querer tudo de uma assentada.
Mais do que me questionar sobre as motivações do clube que o formou em resgatá-lo, questiono-me as razões que levaram o Sporting a contratar um jogador que, efectivamente, corre...mas quase sempre sem sentido e, pior ainda, o facto de ter a bola nos pés complica-lhe o estado emocional.
Assim sendo, parece que começa do melhor modo a campanha de Natal do Sporting.
Não sei se esta dispensa já teve o aval de Jesulado Ferreira mas, duvido que pudesse colocar qualquer entrave à sua cedência.
De qualquer modo, se pensarmos que Gelson participou em 12 jogos e somente em 5 deles completou os 90 minutos, depressa concluímos que o clube dispensou alguém...dispensável!!
Resta saber que alternativas estão em mente para suprir esta primeira baixa.
É que, se no ano transacto, a equipa era Rinaudo e mais 10, este ano o argentino não se apresenta ao mesmo nível e certamente necessitaremos de reforço para um lugar que já está, desde o início da época, fragilizado.
Elias é outro dos que tem feito essa posição, pontualmente,  mas a acreditar nas notícias que colocam o internacional brasileiro também na porta de saída, terá que haver alguma entrada para a posição 6 ou, uma vez mais, iremos assistir ao assalto à equipa B.


La faena

Frase do dia:
 
“Há que toureie e quem vá à tourada. Quando se toureia, as faenas nem sempre saem bem e o importante é levantarmo-nos e encarar uma nova faena. Quero que tenham a certeza que eu sou um toureiro preparado para tudo, pois o que quero é defender o Sporting”   By Godinho Lopes
 
Esta analogia do presidente leonino foi bem intencionada mas, provavelmente, verá que não é o exemplo mais consensual.
Poderia ter dito que é um camionista, um maquinista, um  bombeiro, um limoeiro....sei lá, qualquer coisa que não estivesse tão à mercê de uma besta tão imprevisível.

É que, neste caso, nem sempre o lidador se levanta e encara uma nova faena.
Por vezes, a faena corre tão mal que não se fica em condições de voltar a encarar um touro, e muito menos a cortar rabos e orelhas.
 
Que a actualidade do Sporting cada vez se assemelha mais a uma tourada...ah, nisso concordo em absoluto.
 
 
 
 

quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

Apit'ó comboio

Numa conversa com jornalistas, no âmbito da entrega dos Prémios Stromp, questionaram Jesualdo Ferreira sobre se ele espera receber o Prémio Stromp como director, num próximo ano.
J.F. disse que «isso não se coloca porque esse prémio não existe»
Indagaram então...«e como treinador? Sim, claro que sim. Já ganhei noutros clubes, por que não aqui?».
Eu poderia questionar, nesta publicação, a inexistência de um prémio Stromp para o melhor manager pois, dado que a lista de galardões foi crescendo com o passar dos anos, não seria de desdenhar essa hipótese.
No entanto, bem vistas as coisas, o que salta à evidência destas palavras não é o referido prémio mas sim a confirmação, pela boca de J.F., de que poderá ter sido nomeado para o cargo com um contrato a termo certo.
Quem  assume que ambiciona (ainda) vencer algo como treinador no clube que o acaba de contratar para outro cargo, só vem confirmar que o delírio colectivo que o coloca na órbita do banco leonino faz algum sentido.

Vercauteren disse, à sua chegada, que pretendia ficar mais que os 7 ou 8 meses contratualizados mas, pelo andar da carruagem, vai mesmo de regresso em classe turística.

Botas ou pantufas?

Dizia há dias Vercauteren: "Os jogadores precisam de ir de férias para colocarem a cabeça no lugar".

Pois bem, parece que já começou a migração sazonal e os tristes jogadores já fizeram a sua humilde mochila e partiram, acabrunhados, para o aconchego dos seus lares.

Já quando chegou, o treinador belga tratou de pôr os jogadores a descansar, concedendo folga na sua estreia.
Os resultados foram, aparentemente, infrutíferos.

Entretanto, Mourinho provocou uma tempestade natalícia pois, desta vez, decidiu reduzir o período de lazer e tocou a trompete para reunir a tropa mais cedo.
Irá realizar uma mini pré-época, de modo a preparar a equipa para o que resta de época.
Ambas as equipas estão aquém do esperado (estou a ser gentil com o Sporting, eu sei) mas a abordagem às respectivas crises são antagónicas.

Uns são postos a trabalhar, enquanto os outros são deixados a descansar. 
Uns vão para o BootCamp, enquanto os outros ficam no SlipperCamp.


Veremos qual é a estratégia mais correcta mas...quer-me parecer que os nossos estão em descanso desde que a época começou.



Sporting bíblico

Não percebo a polémica com a foto que serve de capa ao jornal Sporting.
Muitos ficaram melindrados pela associação bíblica que a referida imagem induz, onde o presidente sportinguista aparece no papel de...Jesus.
Será que a mensagem subliminar é mais profunda e esta será, mesmo, a última ceia de Godinho enquanto presidente do Sporting?
Só espero que não seja a última ceia do Sporting...se me limitar a reparar na variedade e opulência da oferta gastronómica.

Seja como for, preso por ter cão e preso por não ter.



Tenho a certeza que, qualquer que fosse a recriação adoptada pelo departamento de marketing ou de restauração do Sporting, as vozes criticas se iriam fazer ouvir.









 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Ainda no campo bíblico, imagino o alarido caso o presidente aparecesse a desejar um bom Natal na pele de Moisés, a afastar as turbulentas águas que nos atormentam.
Seria o fim do mundo...ou amanhã não fosse dia 21.
Bem, se assim acontecer, esta lamentável época nunca figurará nas estatísticas.
Afinal há males que vêm por bem. 

quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Entre dois pedregulhos

Ontem foi noticiado por diversos órgãos de comunicação social que o nosso ex-vice-presidente, Paulo Pereira Cristóvão, foi formalmente acusado de vários crimes.
Dado que esses alegados crimes já foram devida e exaustivamente esmiuçados nos locais que tratam desses assuntos, o que me chamou a atenção da imprensa de ontem foi esta sublime frase emitida por PPC.
"Neste momento, o clube precisa de alguma paz. Os problemas do clube são dois: a bola não entra e o problema financeiro."

Tenho o nosso ex-vice por uma pessoa inteligente mas, neste devaneio, quis-me parecer que ainda está umbilicalmente ligado à direcção.
Compreendo que o gravíssimo problema financeiro faça parte das preocupações de todos nós e seja um grande pedregulho que emperra toda a orgânica do clube mas, resumir o caos desportivo à bola que não entra é, no mínimo, atirar um outro pedregulho aos olhos das pessoas.
Já lá vai o tempo em que nos atiravam só com areia.

terça-feira, 18 de dezembro de 2012

Estamos um nível acima

Dia 11/12/2012
  
Godinho Lopes: «Vim para o futebol para elevar o nível»

Dia 18/12/2012

Godinho Lopes: «José Eduardo que se dedique a servir refeições»  

 

Efectivamente, Godinho Lopes acaba de elevar a actualidade leonina a um nível de estrela...Michelin.

 

 

Marítimo - Sporting

Já lá vão 240 dias, desde a nossa última vitória fora de casa, em jogos oficiais.
Duzentos e quarenta dias em que o Sporting tem corrido campos por esse mundo fora, sem encontrar algum que se adeque às suas características.
Depois de ter empatado na Choupana, o campo "talismã" onde conseguimos a tal longínqua vitória, eis que o Sporting permanece pela Madeira, na incansável procura da felicidade.
Escrevo enquanto Viola atira uma bola à barra, logo no primeiro minuto, o que indicia que a tal estrelinha, que também tem que acompanhar os adauzes, parece estar ainda apagada ou fundida.
De qualquer modo, esta publicação prende-se com a justificação que tenho de fazer relativamente a, uma vez mais, não inserir links para visionarem o jogo.
Também tenho o direito de fazer blackout aos jogos, depois de passar quase meia época a ver uma equipa a fazer blackout ao futebol.
No entanto, quem pretender pode aceder ao separador jogos em directo e poderão assistir ao encontro.




segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

A entrevista que eu não vi

Ontem não vi a entrevista de Godinho Lopes.
Por muito que a maioria queira saber e tenha retirado ilações positivas ou negativas, o certo é que eu estou farto da retórica dos políticos, sejam os que guiam os destinos do nosso país ou os que andam travestidos de dirigentes.
Quando tudo está bem não é necessário vir mostrar serviço, porque ele simplesmente é perceptível à vista desarmada.
Quanto tudo está em causa ou quando o laço começa a apertar, convém vir tocar nos sentimentos e fazer um pouco de campanha.
Mesmo sem ter seguido a entrevista, é fácil aceder às linhas mestras que foram abordadas e, felizmente, não fiquei arrependido da decisão.
Já assisti, pessoalmente e pelos meios de comunicação, a algumas intervenções públicas de Godinho Lopes e, convenhamos, ele parece acreditar no que diz.
Depois de passadas as primeiras duas ou três reestruturações, o discurso foi-se adaptando ao depressivo modelo nacional e, actualmente, ouvir G.L. é como estar perante a inevitabilidade de Passos Coelho, a esperança de Álvaro Santos Pereira ou a tragédia de Vítor Gaspar.
Tudo está bem comigo ao leme ou...o barco irá ao fundo se eu o largar.

Sem querer estar a crucificar este presidente ou o que idealiza para o clube, quero acreditar que pode haver vida para lá de G.L. ou outro qualquer Messias.
Mais do que ficar revoltado ou conformado ao olhar para o presente e futuro deste país ou deste clube, ficaria sim deveras preocupado se acreditasse que as actuais políticas ou projectos não têm alternativa.
Não tem nada a ver com o actual presidente ou com qualquer outro que possa gerir os seus destinos, mas sim com a fé de que o Sporting não é um clube a prazo.

Entretanto, um pouco por onde se respira Sporting sente-se uma luta fratricida entre os crentes e os...descrentes do actual modelo, e geralmente sobram adjectivos com que se vão digladiando.
Confesso que já estou cansado de observar esta luta de galos, onde uns são apelidados de lambuças, porque acreditam num modelo, e outros são baptizados de brunetes, porque acreditam que o desfibrilhador está noutras mãos.

Pela parte que me toca, o meu dogma continua a ser única e exclusivamente o Sporting Clube de Portugal, e as minhas opiniões, preocupações, anseios, tristezas ou alegrias têm como pano de fundo o clube.

domingo, 16 de dezembro de 2012

João Fernandes. Um exemplo.

Numa altura em que os ideais leoninos andam de rastos, nada melhor que um maravilhoso exemplo para nos fazer orgulhar e sentir o quão puro, forte e indiferente a alguns maus exemplos, pode ser o sentir de uma criança.
Uma criança invisual, que tem uma visão própria do mundo e, por conseguinte, do Sporting.
A forma como vive o clube é contagiante e emociona quem, como ele, comparte esta paixão.
João Fernandes teve, como prenda, um simpático detalhe por parte da secção de futsal mas, também estes, deverão ter sentido o privilégio e a responsabilidade que é servir este clube.
 

video


João, mesmo sabendo que não me podes ler, fica aqui a pergunta.
Não queres fazer também uma visita ao plantel de futebol?
Pode ser que se apercebam da sorte que têm e que os obstáculos podem ser ultrapassados ou contornados.

Tragi...comédia

O carrossel de notícias relativamente ao Sporting continua.
Entre reestruturações, crises financeiras, alegadas trocas de jogadores e alegadas vendas a granel, o plantel principal do clube lá vai contribuindo, em larga escala, para que todas estas notícias ganhem uma proporção desmesurada.
Ontem, enquanto assistia de um modo já conformado à realidade do nosso futebol, confessava a um consócio do Núcleo que tinha quebrado a minha promessa de não ver mais estes tristes espectáculos, unicamente porque no dia de ontem celebrávamos o seu aniversário (uma vez mais os meus parabéns, Sr. Arlando).
Disse-lhe que esta minha decisão se devia ao facto de eu não ser admirador de filmes de terror, que é ao que os nossos espectáculos se assemelham.
Claro está que as idas ao Núcleo também se destinam ao necessário convívio entre os associados mas, quando chegamos a um momento tão deprimente quanto este, até nos queremos esquecer da componente social.
Mesmo que a película a que ontem assistimos tenha tido todos os ingredientes para mais uma noite de terror, o certo é que acabou por tornar-se numa tragicomédia, pois houve decisões e momentos que quase deram para rir, não fossem estes os momentos mais trágicos na vida do clube.
Apesar da convicção de que há muito mais qualidade do que a classificação e os espectáculos denunciam, também fica a certeza que, no seio do nosso plantel, há muitos erros de casting.
Veremos (ou não) o que alguns destes actores nos reservam nas sequelas que se seguem mesmo que, garantidamente, este filme tenha reservado um triste final.



(directo) Sporting-Liverpool / Benfica-Sporting / Sporting-Olivais / Tondela-Sporting

Depois da mais que esperada desilusão na Choupana, onde o Sporting deixou fugir mais dois pontos ou, se quisermos ser optimistas, conseguiu mais um ponto para a manutenção, temos hoje uma manhã bem preenchida e que, certamente, trará mais motivos de interesse que o encontro dos nossos "profissionais".
Assim, pelas 11 horas da manhã, os iniciados jogarão no Seixal contra o Benfica, em encontro a contar para a 1ª fase do campeonato nacional.
As equipas encontram-se empatadas no topo, com vantagem para o Sporting, pois venceu o jogo na Academia.
Pode seguir o encontro no link da Benfica TV, mas de preferência com o som desligado, pois os comentários são sempre desaconselhados a pessoas sensíveis.

Benfica - Sporting (clicar)

FINAL slb 2 SCP 2


A partir das 11.15 horas, teremos 3 jogos em simultâneo, certamente para agradar os mais diversos paladares.
Assim, para a final do torneio NexLions Cup, em Singapura, o Sporting defronta o Liverpool, num torneio de bastante prestígio.
Recordo que a equipa leonina goleou o Manchester United por 4-1, na meia-final da competição.
Quem optar por acompanhar outro jogo, recordo que a final de Singapura será repetida, para quem possuir o canal, no Eurosport 2, a partir das 14.45 horas.

Sporting - Liverpool (clicar)


Sporting - Liverpool (clicar) 

FINAL SCP 2 Liverpool 0 






 
























À mesma hora, a equipa de futsal do Sporting receberá o Olivais, num jogo em que será posto à prova a sua capacidade de seguir entretendo os adeptos, assim como a sua consistência ofensiva e defesiva.
A equipa lidera o campeonato invicta, com um saldo de 52 golos marcados e 3 sofridos em 9 jogos, num arranque de campeonato a roçar a perfeição.

Sporting - Olivais (clicar)

FINAL SCP 6 Olivais 0 

Já a equipa B, que infelizmente perdeu algum gás com o decorrer do campeonato e com as mexidas a que tem sido sujeita, nomeadamente por resgatarem alguns dos seus elementos fulcrais para a equipa principal, já não vence há 4 jogos e terá mais um difícil teste em Tondela, equipa do meio da tabela mas que em casa só perdeu 2 dos seus 8 jogos.
A equipa manterá a 2ª posição, qualquer que seja o resultado, mas poderá começar a  ver o Belenenses fugir na classificação, caso não regresse rapidamente às vitórias.
Este é um jogo que pode ser seguido na SportTV 1, também com começo agendado para as 11.15, ou num dos seguintes links-

Tondela - Sporting B (clicar)

Tondela - Sporting B (clicar)


FINAL Tondela 1 SCP 2
Resta recordar a todos os que seguem o blogue no estrangeiro, que estes horários são hora de Portugal Continental.

sábado, 15 de dezembro de 2012

Jornada de protesto

Neste blogue tem sido hábito disponibilizar as ligações necessárias para o visionamento dos jogos do Sporting.
Hoje, como forma de protesto para com a actualidade do clube, não o irei fazer.
Nunca desejarei, como muitos o fazem, qualquer insucesso do clube, neste ou em qualquer momento, com este ou qualquer outro dirigente, mas a paciência esgotou-se e a vergonha semanal vai manchando o nosso orgulho. 
 
 
No entanto, amanhã publicarei os links para visionar o jogo de futsal (Sporting- Olivais) e da final da NexLions Cup (Sporting-Liverpool), ambas às 11.15 horas da manhã. 


sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

O homem-estátua falou

Algumas horas e umas tacitas de champanhe depois do derby, Eusébio veio lançar mais umas farpas ao seu ódio de estimação.
Recordo, para os mais distraídos, que o homem-estátua disse que "o Benfica perdia em Alvalade só se jogasse com juniores".
Eu acho que talvez também era capaz de perder se jogasse com juvenis ou iniciados, mas para isso iria depender da predisposição de alguns dos nossos jogadores.
Desconheço se poderá ter sido uma derradeira tentativa de desanuviar o tenso clima entre os dois clubes mas, acabou por gerar alguma insatisfação nalguns sectores leoninos mais sensíveis.
A reacção deu-se por intermédio de ex-jogadores sportinguistas, talvez ainda pouco habituados a vergonhas desta dimensão, e por isso reagem rapidamente ao "vómito" do Pantera.
Reconheço que já não ouvia falar do ex-jogador desde que espatifou o carro, a seguir ao almoço (simples coincidência, pois podia ter sido depois do jantar)  mas é sempre bom saber que está em condições de tecer comentários.
Também desconhecia que ele tinha sido engarrafado recentemente, pelo que teremos que dar um desconto nas suas afirmações.


Resumo NexLions Cup (Sporting 4 M.United 1)

video



Sporting 4 Manchester United 1 (NexLions Cup) diferido 17.30

É verdade, a vontade para expressar os sentimentos que me trespassam é pouca.
A menor actividade dos dois últimos dias tem sido reflexo dessa tristeza e desalento.
Muito foi sendo dito, ao longo da época, e muito tem ficado por dizer.
O que vale é que, de vez em quando, o sol espreita por entre as espessas nuvens.
A equipa júnior do Sporting, que participa no prestigioso torneio NexLions Cup, em Singapura, derrotou hoje o Manchester United por 4-1,  e deste modo defrontará o Liverpool, que derrotou a selecção de Singapura por 1-0.









O Sporting perdia por 1-0, ao intervalo, com golo de James Wilson aos 28 minutos, mas na 2ª parte os leões marcaram por intermédio de Carlos Mané (46'), Edelino Ié (70' e 87') e Cristian Ponde (90'), e colocaram o Sporting na final.

A final do torneio está agendada para o próximo Domingo (dia 16), e poderá ser vista aqui, no blogue a partir das 11.15 horas.

Para lá da vitória, foi interessante ouvir os comentadores ingleses deliciados com a qualidade da nossa equipa, com a capacidade técnica mas, fundamentalmente, com a mentalidade, que diferencia os vencedores dos outros.
Pois bem, é também isso que tem diferenciado o nosso actual plantel profissional, de todos os outros.


Quem quiser rever o jogo de hoje, poderá fazê-lo a partir das 17.30 horas, através da Eurosport 2.




terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Sus tentáculos

O presidente do Sporting, Godinho Lopes, garantiu que não se demite, após a derrota no derby com o Benfica. 
Porque se haveria de demitir?
Não se demitiu após a derrota com o Rio Ave, com o Videoton, com o Porto, com o Moreirense, com o Genk, com o Setúbal, ou sequer com o Basileia...nem após os múltiplos empates que temperaram esta rica salada. Porque haveria de ser agora?
Como ainda temos uma infindável época pela frente, não faltarão oportunidades para reafirmar esta sua vontade. 
 
Disse também que "o trabalho que estamos a fazer é de grande dedicação. A sustentabilidade do clube tem a ver para além dos resultados".
 
Com isto depreendo que, para lá da miserável época desportiva, que pode ainda ter capítulos mais negros do que os que têm sido pintados até agora, o trabalho quase invisível na consolidação do passivo galopante tem sido...sustentado.
 
Não me posso também esquecer que estão matando a paixão dos adeptos, sustentadamente, e que independentemente do Sporting sobreviver a esta penosa época desportiva e financeira, as réplicas serão sentidas a longo prazo e, por exemplo, a venda de gameboxes para a próxima época será severamente afectada, de um modo sustentado.

O projecto que foi escolhido para liderar os destinos do Sporting tem caído de uma forma sustentada, quase tão sustentada como as duas limpezas de balneário e a miríade de treinadores que têm gerido os destinos da equipa de futebol.

Claro está que não acredito que alguém fosse capaz de mudar o rumo actual de uma época que irá perdurar como a mais triste das memórias colectivas mas, no fundo, questiono-me qual seria o timing mais adequado para uma mudança sustentada.








segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

Sporting - Benfica (directo) 20.15 horas

Tal como já foi referido neste e noutros espaços, o jogo de hoje reveste-se de especial dramatismo para o Sporting.
O clube pode agonizar ainda mais se hoje não vencer, e a vitória é precisamente o resultado menos esperado e lógico.
A época do Sporting tem deixado a descoberto algumas verdades insofismáveis.
O normal é sofrer golos (em 15 dos 20 jogos) e dificilmente os marca.
Com a conjugação destas duas facetas acaba por tornar-se normal a posição que ocupa, com a agravante do empurrãozinho extra  a que está quase sempre sujeito por uma corporação de indivíduos que pugnam por duas cores.
A equipa leonina tem um anormal saldo negativo (9 golos marcados 11 sofridos) em contraste com o rival (25-6). 
A tremideira defensiva tem sido notória até contra equipas de parcos recursos ofensivos, pelo que não sofrer golos hoje seria um autêntico milagre.
Se a defesa tem sido a nossa cruz, o divórcio com o golo tem sido a  cara da moeda.
Hoje seria necessário um Sporting à sua imagem histórica para bater um Benfica confiante e que, em oposição à nossa realidade, tem consolidado o seu modelo.
Quando o modelo não funciona, tal como os compadres do Norte, há sempre o factor A ( de árbitro ) que entra em acção.
Esta época ainda não foi possível ver ou ouvir Luís F. Vieira, o que quer dizer que está tudo a correr sobre rodas.
Hoje, veremos de que cor se veste o madeirense Marco Ferreira, sendo de recordar que já esteve em Alvalade esta época, na derrota caseira com o Rio Ave (0-1).
 
Como é hábito, pode acompanhar em directo o desenrolar do jogo a partir das 20.15 horas, na SportTv1 ou numa das ligações que  disponibilizamos.


Sporting - Benfica (link 1)



Sporting vs outros

Hoje é dia de derby.
Sporting e Benfica encerram a 11ª jornada do campeonato num jogo marcado pela tradição mas, também, pelas características únicas que o encontro de hoje apresenta.
O facto mais evidente prende-se, logo à partida, por ser o pior Sporting da história aquele que tenta fugir ao destino que parece estar marcado a fogo.
Mesmo que seja hábito dizer (se bem que para mim não passe de um mito urbano) que a equipa que está pior por norma ganha, o certo é que a maioria dos adeptos leoninos não tem grande fé na equipa (apesar da esperança ser a última a morrer) enquanto os rivais esperam não só vencer como golear e humilhar o adversário.
É uma ambição justa, convenhamos, pois nenhum de nós desdenharia encontrar um rival tão combalido como nós nos encontramos.
Somos por vezes acusados de ter um fetiche qualquer com o Benfica, mas quem tenha uma pestana aberta e se dê ao trabalho de ler os escritos dos benfiquistas, chega rapidamente à conclusão que o sentimento é recíproco e, talvez, ainda mais intenso. 
No entanto há muitas coisas que nos distinguem, logo a começar pelo rei na barriga que a maioria parece ter, que se propaga a todos os seus intérpretes.
Ainda ontem JJ foi notícia em Espanha, nos jornais Marca e Mundo Deportivo, porque após o jogo que o Benfica fez contra as camisolas do Barcelona veio dizer que "não houve nenhuma equipa que fizesse o que o Benfica fez ao Barcelona no Camp Nou, independentemente de quem tivesse jogado".
Deu-me dó ler os comentários de centenas de espanhóis que não distinguem um português de um alucinado, mas dei por mim a imaginar o desvario colectivo se hoje ganham em Alvalade.

Rui Caracoletas Santos disse, há dias (e bem, por uma vez) que o Sporting tem de sair do museu.
Pois quem vê, lê ou ouve um benfiquista, pode constatar que eles também vivem com o síndroma do museu na sua cabeça.
Quem, como nós, pouco ganhou nas últimas décadas mas se comporta como se tivesse um presente luminoso, vive no entanto agarrado a um passado que foi faustoso mas ofuscado por uma realidade bem diferente.
Por tudo isto, vencer hoje seria fantástico.
Pela falta que nos fazem os 3 pontos e por ser sempre duplamente saboroso vencer o Benfica mesmo que, a acontecer, talvez seja a vitória mais insossa de sempre, ao contrário do que pensam alguns Illuminati, que dizem que o jogo de hoje pode valer uma época.
Essa, está mais que perdida.



Como o futebol não se joga só dentro de campo, hoje também foi "notícia" um deboche noticioso.
Depois do Sporting ter tido os seus arrufos com o Record, Público, DN, Correio da Manhã, Mais Futebol, SportTv (dos que me recordo) hoje foi a vez da TSF ter um descuido lamentável, trocando o símbolo do Sporting por uma osga (que como se sabe é o réptil com o qual os lampiões nos identificam) na antevisão do jogo.
 

Isto cheira demasiado mal.

Posteriormente vieram pedir ao Sporting, sócios e simpatizantes, desculpas pelo lapso.
Pela minha parte, NÃO!
As desculpas não se pedem, evitam-se!!
Por mim, hoje ficavam à porta ou faziam o relato através das imagens televisivas. No final, pedíamos desculpa pelo lapso.








Também por lapso foi colocada uma imagem que não corresponde aos intervenientes mas quando dei por ela já tinha clicado em publicar.
Aos abutres o meu pedido de desculpas.


domingo, 9 de dezembro de 2012

Sporting B - Desp. Aves (directo) 18.00 horas

O Sporting B recebe o Desp Aves, a partir das 18.00 horas, em jogo a contar para a 17ª jornada da II Liga. A equipa leonina, que nas últimas jornadas tem perdido alguma da aura que a acompanhava, recebe uma equipa que ocupa actualmente o 5º lugar mas que está na luta pela subida de divisão. Os jovens leões manterão o 2º lugar, qualquer que seja o resultado, mas pode ver o Belenenses fugir na classificação. Depois de dois empates e uma derrota, esperemos que hoje seja o regresso às vitórias. Pode acompanhar o jogo na ligação que aqui disponibilizamos.

sábado, 8 de dezembro de 2012

Resultados na hora

Futebol (juniores)

Final

União Coimbra 0 Sporting 2

União falha grande penalidade

União e Sporting a jogar com 10 após expulsão



Futsal 
Final

Rio Ave  1 Sporting 3 (Marcelinho, Alex, P. Cary)




Hóquei em Patins
Final

Sporting   4 (Garrancho 2, Marinho, Diogo Lã)  Física 3