sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

Teoria da constipação

Quando ainda estamos a mais de uma semana do clássico de Alvalade, são já perto de 40 mil os ingressos vendidos para o jogo que açambarca as atenções dos sportinguistas.
Se recordarmos que a melhor casa, até ao momento, foi no jogo contra o Nacional, onde foram vendidos mais de 45 mil, caminha-se desta feita para a melhor assistência da época.
No entanto, nesse mesmo encontro para a 12ª jornada da Liga Zon, cerca de 5 mil sportinguistas optaram por ficar em casa, ou viajar até Madrid, pois só compareceram em Alvalade pouco mais de 40 mil, pelo que não estou demasiado optimista relativamente a lotação esgotada, no encontro contra o Porto.
O cenário perfeito para dia 7 seria um grande jogo, uma vitória do Sporting e o estádio lotado, só que nesse mesmo dia o Real Madrid joga contra o Granada. Seria talvez de começar a negociar futuramente com os merengues alterações de calendário, para não colidir com os interesses do Sporting, e de alguns adeptos e associados.
Não sei porquê, mas ao falar em Real Madrid lembrei-me de Eduardo Barroso. O Presidente da Mesa da AG do Sporting esteve bem quando, recentemente, disse que quando Pinto da Costa espirrava os árbitros constipavam-se. Pois, nos meandros do jogo com o Porto, Eduardo Barroso teve uma recaída, pois já começou a pôr paninhos quentes, talvez para fazer a febre baixar. Agora diz que as declarações foram feitas "como adepto e não como presidente da Mesa da Assembleia Geral do Sporting", bem como outras considerações mais suaves, apesar de reafirmar a versão do espirro. 
Como ainda estamos a grande distância do jogo no Dragão, talvez ainda consiga ser convidado para assistir a esse jogo no camarote presidencial, a menos que coincida com o jogo do Real.