sexta-feira, 10 de agosto de 2012

Rai's partam os vikings


Outra vez os vikings.
Pelo terceiro ano consecutivo, o sorteio ditou uma equipa dinamarquesa no caminho do Sporting para a fase de grupos da Liga Europa.
Desta vez calhou em sorte (resta saber de quem) o AC Horsens, mas ainda estão frescas na memória as eliminações de Nordsjaelland (nos dois últimos anos) e do Grão-de-Bico, também conhecido como Brondby, na segunda pré-eliminatória de há dois anos atrás .
Já na década passada e portanto um pouco mais longe das nossas recordações também esteve o Midtjylland, que felizmente teve a mesma sorte de todos os seus conterrâneos.
A história mais recente aponta, portanto, para um domínio avassalador nas eliminatórias com dinamarqueses mas (...convém sempre colocar um mas e alguma água na fervura)  foram sempre confrontos equilibrados e, quase todos eles, jogados com o coração e o credo na boca até ao final da eliminatória.
Dando um olhar rápido pelo pulsar do sentimento sportinguista na blogosfera, já deu para constatar que muitos consideram que menos que um saco de golos é mau resultado. É sempre bom constatar que o habitual optimismo leonino continua em alta, mesmo que, geneticamente, não partilhe de tão alto astral.
É que, como já aqui referi por inúmeras vezes, o caudal atacante e eficácia ofensiva  do Sporting há anos que deixa muito a desejar, sendo quase motivo de tanta preocupação como aquela que assalta os nossos espíritos...quando defendemos bolas paradas.
Por esse motivo, desejo ardentemente que o Sporting passe a eliminatória, mesmo que fique longe da meia dúzia de golos que muitos esperam ver a equipa "espetar" no adversário.
Por norma, considera-se que jogar a primeira mão fora de casa é uma vantagem, por forma a tentar rectificar em casa algum resultado menos conseguido. É óbvio que a história está repleta de situações que podem confirmar ou desmentir esta preferência mas pode e deve ser tido em conta este pormenor.
No entanto, é curioso verificar que estes dinamarqueses, neste início de época, têm conseguido melhores resultados fora de casa. Por exemplo, o Horsens eliminou os suecos do Elfsborg, actual líder do campeonato sueco, e após um empate caseiro foi à Suécia  vencer por 3-2 e deixar no ar esta propensão para bons resultados extra-muros. Também no campeonato indígena, o adversário do Sporting venceu os seus dois jogos fora de casa, enquanto nos dois jogos perante os seus adeptos ainda não conseguiu fazer uma gracinha.
É claro que acredito que o Sporting é favorito na eliminatória mas (...outro mas) poderá depender muito de que Sporting se apresente nos dias 23 e 30 de Agosto.
É que terá que ser muito mais equipa que aquela que defrontou...e perdeu, com o 13º classificado do campeonato português, a que defrontará o 4º do campeonato dinamarquês, por muito que custe aos mais eufóricos e optimistas adeptos leoninos.
Entretanto, o treinador Johnny Mølby, apesar de considerar haver dois grandes em Portugal (!!!) e o Sporting vir logo atrás (só por esta havias de apanhar a tal meia dúzia) e recordar a mais recente meia-final europeia do ano passado, acha possível eliminar o Sporting, tendo por base a renhida eliminatória do ano passado, em que eliminámos o Nordsjaelland com grande sofrimento.
Martin Retov, médio titular e capitão de equipa, em princípio não estará em condições para qualquer dos jogos, o que pode ser uma boa notícia. É que isto de ter os mais capazes no estaleiro não pode ser só um monopólio das nossas cores.
Espero que até lá, Jeffrén, Izmailov e companhia não tratem de me contrariar.

























Forum Horsens Arena
                                                                   Lotação: 10400