segunda-feira, 29 de junho de 2015

Mudam-se os tempos...mudam-se as vontades


Tive ontem oportunidade de ler um artigo certeiro e oportuno intitulado “Aperta-se o cerco ao Sporting”, do jornalista João V. Sousa, que vem ao encontro de tudo o que penso e, pontualmente, verbalizo ou escrevo.
O texto identifica muitos dos males que nos afectam e muitas das forças que nos amarram.
Mas o jornalista, de um modo coerente, faz questão de referir que não se predispõe a defender cegamente o actual presidente, ou qualquer outro…o que só denota uma enorme clarividência.

No final é possível recuperar um vídeo onde Dias da Cunha aborda os temas da actualidade leonina em 1999.
É fantástico observar que, passados 16 anos, continua tão actual mas…infelizmente, peca apenas por defeito.
O antigo presidente leonino fala em auditorias…em guerra…em sistema…em farsa…em máfia…em corrupção…em ditadura.
Na época, todos os sportinguistas o consideraram lúcido e objectivo.
Quase duas décadas volvidas, não só o Sporting continua atolado nos mesmos problemas como “comprou” novas guerras.
Além de todos os que são referidos no vídeo, ainda viu adicionados personagens que estiveram deste lado da barricada.
Apesar de um estilo diametralmente oposto, consigo imaginar os adjectivos direccionados ao actual presidente caso usasse o discurso de A.D.da C no século passado.
Parece que, para alguns, o conteúdo clarividente de então transformou-se….por força do estilo pouco polido de agora, num conteúdo que denota transtorno de personalidade.

O que vale é que ainda consigo manter um prudente distanciamento e observar os inimigos do Sporting de modo imparcial.