sexta-feira, 8 de março de 2013

Adeus, João Rocha

Faleceu João Rocha.
Numa altura crucial na vida e sobrevivência do Sporting, quando muitos se preparam para escolher o próximo timoneiro dos nossos destinos, surge a notícia da morte do mais unânime dos presidentes leoninos contemporâneos.


"João Rocha foi presidente entre 1973 e 1986. Além de competente gestor, João Rocha relançou as modalidades – casos do atletismo, andebol, basquetebol, hóquei em patins e ciclismo – a um patamar nunca antes alcançado.

Durante os seus mandatos o clube conquistou 1.210 títulos nacionais, 52 taças de Portugal e oito taças europeias em várias modalidades, que nessa altura eram 22 e movimentavam 15.000 praticantes.

No futebol conquistou inúmeros títulos, tendo logo na primeira época resultados brilhantes: o Sporting foi campeão nacional, venceu a Taça de Portugal e chegou às meias-finais da Taça das Taças. Yazalde recebeu a Bota de Ouro pelos 46 golos que marcou e que ainda hoje constituem recorde na Europa.

O número de sócios triplicou com João Rocha, cuja ação foi decisiva para a construção da bancada nova, de doze ginásios, dos pavilhões polivalentes, da pista de tartan, da Loja Verde, tribuna de honra do estádio, sala de bingo, centro de estágio de ciclismo, sala de convívio Joaquim Agostinho, e 6 mil novos lugares nos topos norte e sul."
in Record


Desaparece o homem mas fica o seu legado e a memória da sua liderança e  trabalho .