sexta-feira, 19 de setembro de 2014

Devaneios

JJ colocou-se há dias entre Talisca e D'Artagnan, formando um quadrado perfeito.
Amandou umas piadolas ao Zé Mourinho mas o alvo foi mal escolhido pois o de Setúbal é o number one em mind games, enquanto o JJ não passa de um bom jogador de Playstation.


Bem, o JJ também é bom em mêlées e outros arraiais mais ou menos desordenados.

Apesar destes assuntos serem do forno interno dos interessados, a verdade é que empulgam os adeptos.
JJ já veio colocar alguma água na fervura, pois é quase sempre mal interpretado...como quando disse que o Luisão era o number five e todo o mundo pensou que ele estava a humilhar o treinador adversário.
Dou-le o benefício da dúvida?
É irrelevante, porque estes arrufos não passam de pinners.


A verdade é que ficámos a saber que o Zé tem uma bagagem cultural, intelectual e social de qualidade...e não dá pontapés na gramática.
Bem, não dá pontapés mas enfiou com classe o dedo no olho de Tito Vilanova e rasgou com nível a camisola de Rui Jorge.

Já o JJ limita-se a ler Dumas.

Espera lá. Esse não foi lateral esquerdo da lampionagem, do Sporting e da selecção?
Ou era Dimas?


p.s. O texto foi escrito ao abrigo do Acordo Hortográfico, revisto por JJ.




Michel Platini, afirmou que não vai devolver o relógio de quase 21 mil euros oferecido pela Confederação Brasileira de Futebol durante o Mundial'2014, conforme solicitou a FIFA. 

""Eu não vou devolver o relógio. O relógio foi uma prenda e as prendas não se devolvem"...terá dito o presidente da UEFA.

Faz todo o sentido.
Imaginem agora que em Portugal se tivessem que devolver as mamadas e outras prendas sexuais que receberam.
Ou até as viagens pela Cosmos.
As prendas não se devolvem.