sexta-feira, 26 de setembro de 2014

Montanha-russa

Sporting 1 porto 1

Mais um empate, o que poderá fazer resvalar para o cadafalso a autoestima dos nossos adeptos, depois de uma vitória concludente e uma semana de luminosos sorrisos.

Um empate que não agradou a ninguém...excepto a todos os que estavam interessados neste empate.
 
Após o jogo, Marco Silva considerou que o Sporting merecia vencer.
Em sentido inverso, Lo Patego considerou que o porto merecia vencer.


O jogo teve sentido único na primeira parte, e sentido alternado na 2ª, com ocasiões para os dois lados.
No entanto a última imagem é a que fica, e o recuo da nossa equipa bem como a última oportunidade de Tello facilmente ofusca o míssil de Capel que fez com que a barra da baliza ainda esteja a oscilar.

O Sporting, candidato assumido mas com argumentos muito mais modestos que os seus adversários, continua com um rendimento bipolar, algo que parece levar alguns adeptos a entrar em desespero.
Já o porto, candidato crónico e com argumentos incomparavelmente mais valiosos, continua com um rendimento bipolar, algo que parece levar alguns dos seus adeptos a uma confiança desmesurada.

É verdade que a primeira parte mostrou um Sporting com claro ascendente, algo que poderia desmistificar o facto da última gorda vitória ter acontecido perante um frágil adversário...facto amplamente reforçado por alguma comunicação social.
Contudo, a segunda parte e mais um empate, mesmo perante um adversário que é apontado a altos voos, (inclusivé na Champions) pode fazer regressar as críticas de muitos adeptos leoninos, nesta verdadeira montanha-russa de emoções:


............................................
............................................
Oh André, não vales um carilho.
Oh Marco, vai procurar a tua mãe para a Argentina.
Oh Naby, o nosso sorriso ficou da cor do sarr o.