segunda-feira, 10 de março de 2014

And the shit keeps going

A indignação pelos acontecimentos no jogo de ontem são quase unânimes, no universo leonino.
Digo quase porque, de modo quase inacreditável, consegue-se encontrar sem qualquer esforço, alegados sportinguistas que evocam a pouca qualidade no futebol praticado para justificar os roubos sucessivos a que estamos sujeitos, desde o início do campeonato.

"-Jogassem mais à bola e isto não acontecia."


Mas quem garante a estes iluminados que não acontecia?
Será que lhes parece normal que uma equipa, jogue bem ou mal, marque TRÊS golos...sofra dois irregulares e acabe por empatar o jogo?
Um jogo onde realmente não jogaram bem mas, ainda assim, fizeram o suficiente para sair do Bonfim com os três pontos.
Mas onde está escrito que uma equipa que não joga bem não pode vencer um jogo? Ainda para mais quando cumpriu todos os requisitos legais para o fazer?
Quais são os troféus entregues pelo futebol com mais qualidade? Onde estão eles?
Que eu saiba, existem troféus para equipas regulares, que marcam golos e conquistam pontos.
O Sporting tem cumprido todos estes pressupostos, mas há quem se travista de sportinguista e alegue que o clube não se pode escudar em golos marcados que são anulados, jogadores castigados sem nada fazer, penáltis que não são assinalados, entre muitos outros modos sobejamente conhecidos para inclinar um campo.


Quem alega isto nunca esteve num campo, a tentar contrariar um resultado que está escrito antes do jogo ter começado.
Será normal ler este tipo de declarações (como as li às centenas)  de rivais inchados que nem perús, antes da ceia de Natal.
É normal que estes se esqueçam, quando são levados ao colo, o quanto protestaram pelos atropelos sucessivos à verdade desportiva, quando soprava o vento Norte.


Fico perplexo por ler declarações de alegados sportinguistas, e profundamente preocupado ao ler os desabafos de alguns jogadores.

Se os roubos sistemáticos a que estamos sujeitos já nos retiraram no imediato 8 ou 10 pontos, que nos dariam a liderança do campeonato, a médio prazo provoca uma inevitável corrosão na confiança dos atletas.

Cédric desabafou no Facebook, com uma imagem esclarecedora:«E a m...continua. Uma vergonha!!!»

 



Adrien também demonstrou estar a baixar os braços, na flash interview: 
"Demos o máximo em campo e depois temos de lutar contra isso. Estamos fartos de lutar contra isto todas as jornadas e temos motivos para falhar. Contrariar estar situação em todos os jogos é difícil."

Enquanto os jogadores desabafam para o exterior, como que num lancinante grito de revolta, alguns adeptos continuarão com as exibições como ponto de mira, indiferentes ao mafioso e bafiento hábito de nos prejudicar propositadamente.