domingo, 9 de março de 2014

Mais um moinho

Depois de uma jornada de Sábado onde ultrapassámos com clareza os obstáculos que se levantavam nas mais diversas modalidades, a jornada de Domingo vê também erguer-se algumas barreiras difíceis de transpor.
Às 15 horas terá início um importante jogo de hóquei em patins, em que o Sporting tentará derrubar uma Física que poderá ser um dos grandes adversários para a manutenção na 1ª divisão.
Se a vitória seria fulcral, não seria de desdenhar um triunfo por mais de dois golos de diferença, por forma a ficar com vantagem no confronto directo, em caso de igualdade pontual.
É de recordar que o Sporting terá um ciclo temido contra os quatro primeiros da classificação, e convém amealhar o máximo de pontos com as equipas do nosso campeonato.

O jogo terá início às 15 horas, com transmissão em directo na seguinte ligação:



Às 17 horas terá início o decisivo (como todos) V. Setúbal - Sporting.
O que se poderá dizer deste jogo, que não repita tudo o que tenha dito desde o início da época?
Mais um encontro que entra na lógica do "jogo-a-jogo" proclamado pela estrutura leonina.
Mais um encontro em que iremos encontrar enormes dificuldades, porque o Sporting tem sempre que lutar contra moinhos-de-vento. 
Mais um árbitro designado de uma Associação de Futebol igual ao do próximo opositor.
Foi assim na deslocação a Vila do Conde, onde um árbitro de Braga afastou Adrien e Montero do jogo com o Braga...e agora teremos um árbitro do Porto, antes da visita do porto a Alvalade.
Heldon e Maurício estão em risco mas, penso que poderá haver outros debaixo da mira, porque há cartões de outras cores.
Veremos se isto não passa de uma teoria da conspiração, numa altura onde alguns clubes estão de novo a entricheirar-se para uma guerra duradoura, pelo domínio do futebol português.
O Sporting, esse, continuará montado no seu Rocinante...com os moinhos bem definidos, mas impossíveis de derrotar.