domingo, 16 de março de 2014

Não há duas sem três?

Eu só quero que o Sporting vença.
O problema é que vem Proença, o substituto de Benquerença, vítima de doença.
Proença ficou com problemas odontológicos mas uma curta convalescença impingiu-nos de novo a sua presença.
Com Proença aumenta a minha descrença, contra o porto ou os de Florença.
Apesar da parecença entre Proença e Benquerença, o primeiro é o melhor do mundo, mesmo que não nos convença.
A presença de Proença não me provoca indiferença, pela sua omnipresença.
Devia estar em casa, mas estará em Alvalade.

Agora, com a sua licença, vou recordar os únicos jogos que apitou dos grandes.

Porto 1 Guimarães 0. Penálti inexistente a favorecer o porto...e vão mais dois pontos de diferença.
Estoril 0 Sporting 0. Penálti existente, mas Proença não deu pela sua presença. E vão menos dois pontos.


Hoje poderá confirmar-se a sentença. Com Proença, não há duas sem três.