terça-feira, 2 de outubro de 2012

Uma má e uma boa notícia

São poucos os jogadores que recolhem a unanimidade dos adeptos. 
Basta pensar nalguns dos nossos mais mediáticos para nos apercebermos que Patrício, por exemplo, já teve uma legião de críticos e, mesmo agora, ainda colecciona uma razoável quantidade de adeptos sempre à espera do seu erro para lhe fazerem a folha. 
Elias carrega às suas costas cada um dos euros que custou, e basta estar com uma mudança abaixo e terá que ouvir os mais variados impropérios e as críticas mais ferozes.
Wolfswinkel, mesmo que continue a ser o melhor marcador da equipa, continuará com a pouca vontade de quem lhe exige que marque jogo sim-jogo-sim.
Poderia dar exemplos dos mais variados, mas a crónica de hoje refere-se a Boulahrouz, talvez o reforço desta direcção que mais desconfiança gerou.
Se o jogador holandês praticamente só era lembrado pela entrada a Ronaldo na famosa "Batalha de Nuremberga", nome por que ficou conhecido o jogo entre Portugal e Holanda (Mundial 2006) onde foram mostrados 16 cartões amarelos e 4 vermelhos, o certo é que rapidamente ganhou a titularidade no Sporting e caiu no goto da maioria dos adeptos.
Acredito que tenha, tal como os seus comparsas, alguns adeptos pouco simpatizantes...das suas capacidades futebolísticas, mas a realidade é que pegou de estaca nas escolhas do treinador.
Dado que as segundas escolhas para o eixo da defesa também geram imensas desconfianças, é com preocupação que temos assistido à sua ausência do lote de disponíveis para os constantes compromissos.
Pois bem, hoje temos uma má e uma boa notícia relativamente ao defesa holandês.
Começo pela má, por motivos óbvios.
De acordo com o jornal O Jogo, será difícil que Boulahrouz jogue no Dragão. Diz a publicação que "Segundo as informações recolhidas, o patrão da defesa do Sporting falhará a viagem à Hungria a meio da semana e prevê-se difícil a sua aptidão para o clássico no Dragão, a disputar no próximo domingo." 

Agora, vamos à boa notícia.
De acordo com o jornal A Bola,  Boulahrouz (e Prajnic)  já estão à disposição de Sá Pinto. 
Diz a publicação que "Os dois atletas apresentaram nos últimos tempos alguns problemas musculares, mas estão agora ambos recuperados e prontos para voltar à competição, ou seja, o Sporting passa a ter mais duas boas opções para o embate com a equipa húngara."

Para compor o ramalhete, só faltava vir o jornal Record dizer que, não faz a mínima ideia se o homem joga ou não!!
Como no meio é que está a virtude, espero que a notícia de A Bola saia vencedora.