quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

Questão central

Nunca acompanhei atentamente o futebol italiano, talvez por ter ficado demasiadas vezes entediado com o famoso catenaccio, a aborrecida táctica pragmática e ultra-defensiva que foi imagem de marca do futebol transalpino.
Por esse motivo até perco o rasto a alguns ex-jogadores leoninos que se mudaram para o (em tempos) aliciante "Calccio"...onde nem todos calçam.
Quase nem me recordava de Pedro Mendes, o central formado em Alvalade e que assinou pelo Parma enquanto o Sporting renegociava o seu contrato, ficando a chuchar no dedo relativamente a compensações financeiras pela mudança.
O jogador era dos mais admirados pela (por vezes) pouco exigente massa crítica leonina, que viam nele, em Nuno Reis, Tobias, Dier, Rúben Semedo ou Ilori o futuro do Sporting e da selecção nacional.
Uns, mais que outros, têm o futuro nas suas mãos. Outros, mais que uns, têm uma boa conta bancária.

Pedro Mendes, na época passada actuou 11 vezes como titular, num total de 15 nos 38 jogos do campeonato, e a equipa só venceu 5 desses jogos.
Na presente época o central foi 9 vezes titular e a equipa perdeu 8 desses jogos.
Apesar de ainda faltarem 18 jogos para o final da Série A, o Parma (e Pedro Mendes) está com um pé na Série B italiana.
Quem por lá anda é o Catania, de Rinaudo.
O que em tempos foi a estrela da companhia leonina também parece ter perdido parte da sua aura, e a sua equipa também luta por se manter no segundo escalão, estando neste momento em zona de play-off de despromoção.
Mas a Fito ninguém tem nada a apontar, e apenas as lesões e algumas lacunas técnico-tácticas o impediram de ser mais feliz de leão ao peito.
De Pereirinha também tenho sabido pouco, mas a época da Lazio está a correr dentro das expectativas.
Quinto lugar actual, para o qual o ex-médio leonino contribuiu com pouco mais de 90 minutos de jogo.
A acreditar nas notícias que chegam de Itália, Maurício pode juntar-se hoje à equipa azul de Roma.
Mais um para perder o rasto?

p.s. Entretanto o Sporting confirmou a cedência de Maurício, que irá render 2.65 M€ no final da época. Estará por certo para chegar o central que tem vindo a ser falado nas últimas semanas, para desgosto de muitos.