terça-feira, 18 de setembro de 2012

Artigo indefinido

Quando ainda se fazem sentir os ecos do empate na Madeira, já as baterias estão apontadas para a Liga Europa, e talvez essa possa ser a melhor forma de camuflar a desilusão do jogo dos Barreiros. 
No entanto, ainda é possível e aconselhável auscultar mais opiniões relativamente às prestações da equipa, bem como de quem a dirige.
Se todos nós podemos ter opiniões com maior ou menor grau de sustentabilidade, curioso é verificar a crónica de entendidos no metier.
Na classe jornalística muitos são os que nunca pisaram um campo de futebol nem têm competências técnicas para opinar, mas não se coíbem de debitar sem pudor uma série de pressupostos. 
No entanto, ainda podemos encontrar artigos de opinião baseados na experiência, dentro e fora dos relvados.
Claro está que, como ninguém é detentor da verdade absoluta, também estes podem falhar rotundamente nas apreciações que fazem. Além disso, falar ou escrever depois dos acontecimentos é relativamente fácil.
No caso concreto, Pedro Gomes, apesar de ser um sportinguista ilustre e declarado, terá escrito a crónica relativa ao jogo Marítimo vs Sporting como cronista isento mas, não acredito que a sua costela sportinguista fique completamente esquecida. 
Ainda assim, a sua análise tenta ser objectiva (tal como muitos de nós tentamos fazer) e, mesmo sendo um dos notáveis, não se abstém de apontar as lacunas dos intervenientes. 
É curioso verificar que, mesmo com os predicados que possui (sportinguista, ex-jogador, ex-treinador, comentador desportivo, entre outros) a sua opinião é quase em tudo idêntica às muitas que os alegadamente menos capazes e injustamente classificados de maus-sportinguistas tiveram oportunidade de publicar, nos blogues e sites leoninos.
Para quem ainda não leu, pode fazê-lo clicando no seguinte link:

http://desporto.sapo.pt/opiniao/pedro_gomes/artigo/2012/09/17/os_n_meros_s_o_evidentes.html