domingo, 21 de abril de 2013

Benfica - Sporting (directo)

Depois de uma semana a falar-se em dérbi, eis que chega o dia do esperado jogo.
Apesar das grandes diferenças que têm marcado a época de ambas as equipas, a verdade é que dérbi é dérbi e os adeptos estão de novo com a esperança do tamanho do mundo.
Uns mais que outros.
Alguns, talvez a olhar para esse mesmo mundo de um lugar privilegiado, apercebem-se que a tarefa que a equipa do Sporting tem hoje pela frente é de proporções bíblicas.
Não, não é por ter Jesus do outro lado, mas sim porque todos os indicadores apontam para que a lógica prevaleça.
Do lado do Sporting há um par de argumentos de peso. 
  1. A bola é redonda.
  2. No momento do apito inicial, jogarão 11 contra 11.
Tudo o resto nos é desfavorável, mas posso salientar alguns itens.

Se o ambiente do estádio encarnado já costuma ser pesado para adversários e equipa de arbitragem, quando o rival se chama Sporting esse factor agrava-se.
 
A classificação é, por norma, um factor motivacional. O primeiro lugar e ver o título cada vez mais próximo pode ser um verdadeiro doping, enquanto o facto do Sporting andar ainda pelo meio da tabela, com a meta já à vista, pode ser frustrante.
Olhando para os pormenores dessa mesma classificação, salta à vista que os encarnados ainda não perderam nas 25 jornadas decorridas, enquanto o Sporting só venceu por 8 vezes. Também o goal average é sintomático, e se os 53 golos positivos do Benfica não farão história, já o Sporting ter 2 golos negativos a 5 jornadas do fim não deve ter paralelo.
 
Um jogador jovem ser lançado em jogos deste nível pode não ter grande preponderância, mas quando se fala em meia equipa, já pode ser um peso demasiado grande. Do outro lado, a experiência acumulada é um trunfo.

Em termos de qualidade futebolística a diferença tem sido abismal, mesmo que as prestações de ambas as equipas tenham tido diferentes apreciações da passarada, o que acabou por influenciar o futebol exibido.

Resumindo, basta olhar para o comparativo entre as duas equipas para nos apercebermos que, ironicamente, o vermelho da derrota predomina no nosso calendário enquanto que o bonito verde domina o calendário do Benfica, em toda a linha.
 


Para concluir, devo dizer que qualquer equipa que se desloca ao estádio onde hoje jogamos deve fazê-lo com uma secreta esperança na vitória. O Sporting não deverá pensar de outra forma, nem que seja pela camisola que enverga.
Além disso, pode ser que o factor Bruno de Carvalho ainda esteja vivo e, para finalizar, recordar que com as derrotas de Marítimo, Rio Ave e Estoril, mesmo que o Sporting não vença, o objectivo 5º lugar continua vivo. 
Pior será se o Guimarães vencer. 
Se a vitória leonina acontecer, então, será a jornada perfeita.

O jogo pode ser seguido na SportTv 1 ou numa das ligações seguintes.