sábado, 25 de maio de 2013

Negociata

Ainda na sequência do negócio Moutinho, Bruno de Carvalho achou por bem comentar o que parece ter sido, isso sim, uma negociata.
Com uma pequena dose de sarcasmo, numa linguagem com tiques daquela usada por quem tem dominado o futebol português nos últimos 30 anos e que também tem posto à prova a inteligência dos portugueses com intervenções ridículas, o presidente leonino decidiu meter uma pequena farpa no rival, já que o Sporting sairá prejudicado, de forma inapelável, de mais esta tramoia.

Disse BdC:

«Tivemos o azar de o presidente Pinto da Costa não estar a conseguir fazer os negócios que tem feito. Ele sempre disse que os jogadores eram vendidos pela cláusula e sabemos que a do João Moutinho era de 40 milhões. Infelizmente não foi assim, foi por 25 milhões, o que mostra que, às vezes, as pessoas não vão tendo as mesmas capacidades e as mesmas competências».

Claro está que, como seria de esperar, ainda as palavras do presidente leonino mal tinham saído da boca e já o Costa estava a responder.
O dono do Porto sempre prezou uma boa polémica e se, por um lado, a idade já não lhe deve permitir algumas habilidades, o certo é que naquele jeito monótono e monocórdico lá vai vomitando uma opiniões.


Disse o velho:

«O Sporting deve estar muito satisfeito pelo valor que conseguimos vender o João Moutinho. Eles venderam-no por 11 milhões, consideraram-no uma 'maçã podre' e ao fim de dois anos conseguimos que essa 'maçã podre' fosse comprada por 25 milhões de euros».

Apesar do Sporting ser o visado por esta piadinha ao seu estilo, a verdade é que fiquei satisfeito que o homem se manifestasse, tivesse ele demorado 5 minutos ou 5 horas a responder.
É que já estava cansado de ver o meu clube a fazer vénias ao seu superior, a dizer ámen a todas as vontades que vinham do Norte, a calar mesmo quando o orgulho dos sportinguistas era posto em causa.
Não me interessa que Vieira responda e continue a perder em campo.
Ao menos não passa a imagem de corno manso, como alguns dos nossos ex-dirigentes, enganados sucessivamente pela mulher mas que continuaram a partilhar o mesmo leito.
Quero lá saber se têm 50% do passe do Josué ou se o Sporting tem interesse em mais algum jogador.
É que mais esta jogada suja vem provar...a quem certamente esteve distraído nas últimas 3 décadas, que convém pôr definitivamente um travão nestas parcerias em que ficamos sistematicamente a perder.