terça-feira, 14 de janeiro de 2014

Wrecking Ball


Ronaldo demoliu a concorrência em 2013.
A Bola de Ouro, que deixa os sportinguistas orgulhosos, é justa e vem repor alguma verdade ao evento.
No entanto, Platini...o "manfio" que preside à UEFA, já veio levantar poeira,  ao lançar suspeitas na atribuição do galardão.
Todos nós sabemos que a escolha raras vezes foi consensual, dada a profusão de parâmetros que sustentam a escolha.
Desde as qualidades futebolísticas até aos troféus conquistados...passando pelo inevitável marketing, tudo pode ter o seu peso.
Platini deve ter ficado carcomido de irritação pois os inevitáveis jogos de bastidores, que também têm o seu peso no pantanal do futebol mundial, desta vez não terão tido a sua vontade em consideração.

Esta Bola de Ouro é toda ela de Ronaldo, com o Sporting a poder capitalizar mais um produto da sua Academia, mas também dá algum gozo ver ruir as intenções dos líderes da UEFA e da FIFA.