terça-feira, 8 de outubro de 2013

Bróculo mecânico


Apesar do jogo da Taça de Portugal ser o próximo objectivo, o certo é que todos os olhares já vislumbram o duelo com o Porto, lá para final do mês.
É verdade que o próximo jogo é sempre o mais importante, e o lema desta época é mesmo o original "jogo a jogo", mas é inevitável olhar por cima do Alba.
Até ao dia do jogo no Dragão, acredito que muita tinta irá correr em diversas publicações, até porque o clube nortenho domina os meandros de diversos meios de comunicação.

Mas, como domina muitos outros meandros, é com muita desconfiança que vou encarar esse importante jogo.
Aliás, a recente Medalha de Ouro que o autarca Valentim Loureiro (outro cidadão de uma completa transparência) concedeu a Pinto da Costa, fez-me perceber que lá para o norte é tudo dourado.

Mas como o futebol também se joga dentro das quatro linhas, quero acreditar que o Sporting, suportado na sua qualidade, poderá finalmente contornar todos os obstáculos que se levantam, quando se desloca "àquela casa".
Este ano não vamos ter o alternativo equipamento cor-de-laranja, nem jogadores do país das tulipas, que celebrizou a famosa "Laranja Mecânica".
É curioso que exite uma equipa em Espanha que é conhecida como o "Bróculo Mecânico", graças ao seu horrível equipamento alternativo...recheado de vegetais.
Já o equipamento principal do L.H. Lorca é o normal, azul e branco, mas com um vistoso bróculo, numa espécie de espelho do símbolo do clube.
Já os azuis e brancos de Portugal são mais democráticos, na hora de encher o carrinho do supermercado, mas consta que lá no local também se faziam bróculos.