segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

Foi feita a vontade a todos

Foi feita a vontade ao Sporting e ao Famalicão.

O Sporting queria disputar finalmente um jogo da Taça de Portugal em Alvalade, depois de três idas a Norte.
O Famalicão queria jogar com um grande, e não havia por onde escolher.
O vencedor disputará a meia-final a duas mãos contra o vencedor do Marítimo-Nacional, com o primeiro jogo a disputar-se na Madeira. Não se antevê um percurso fácil até à desejada final mas, convenhamos, podia ser muito pior.

Apesar da história não vencer jogos, é curioso verificar o saldo quase arrasador no confronto entre as duas equipas.
O último jogo foi em Outubro de 2011, a contar para a 3ª eliminatória da Taça de Portugal, competição onde o Sporting chegou à final mas perdeu ingloriamente com a Académica.
Dois golos de Volfswinkel e duas expulsões dos famalicenses foram os momentos mais marcantes desse jogo disputado no Municipal de Famalicão.
Mas se em Famalicão o Sporting já cedeu dois empates, o último deles em 1994, em Alvalade o único resultado conhecido é a vitória.
Oito jogos, oito vitórias, e só por duas vezes sofreu golos.

A jogar a nosso favor poderá estar o factor casa, a enorme diferença entre as duas equipas mas, essencialmente, a lição que se poderá ter extraído da eliminatória com o Vizela.