segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

Nem que seja à carica


O Sporting B joga hoje em Guimarães o encontro referente à 1ª jornada do Grupo C da Taça da Carica.
Dado que não foi divulgada a lista de convocados resta ir fazendo exercícios de cálculo relativamente ao onze que Marco Silva (ou será João de Deus?) irá apresentar no Afonso Henriques.

Em função da previsível diferença de valores entre o 4º classificado da I Liga e o 10º classificado da II Liga, a tarefa afigura-se complicada.
A presença de Gauld, Podence, Geraldes, Tobias, Slavchev e até Tanaka irá ditar que, pela primeira vez, a equipa leonina não entrará como favorita.

Contudo, a história do futebol é pródiga em surpresas.
Bastaria recuar um dia para demonstrar que equipas de escalões inferiores (U.Madeira e Sp.Covilhã) superiorizaram-se a outras de maior valia (Braga e Gil Vicente).

Apesar de saber que BdC e a estrutura leonina (ou apenas BdC) relegaram esta prova para o estatuto de jogo amigável, eu quero ver o Sporting vencer qualquer que seja a competição.
Nem que seja de berlinde ou de carica.