quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

Novas imagens para Alvalade


A UEFA mandou ontem tapar ou retirar as imagens colocadas nos acessos ao balneário da equipa visitante do Estádio José Alvalade, para jogos europeus. É o mais recente episódio da ridícula polémica, despoletada pelo jornal Público, ao fazer manchete com as "bombásticas" imagens.
Pelo que se sabe, o organismo máximo do futebol europeu tomou esta medida  com base nas fotos publicadas no jornal, e só após vistoria tomará uma decisão definitiva. Não deixa de ser curiosa tão lesta medida para jogos das competições europeias,já que ainda falta a respectiva vistoria e o Sporting só receberá um jogo sob a alçada da UEFA dia 23 de Fevereiro, aquando da recepção ao Legia.
No recente embate da selecção nacional para o play-off de acesso ao Europeu deste ano as entidades competentes não foram tão eficazes a combater o atentado ao futebol que foi jogar num batatal, ou ao permitir o Sporting jogar a meia-final da UEFA no campo do AZ Alkmaar em condições deploráveis. 
Recordo que as imagens da discórdia foram consideradas pela directora do jornal Público, de interesse...público, pois mostram cartazes com fotografias de alguns adeptos de cara tapada, tochas nas mãos, com o braço em riste ou com tatuagens com a cruz de ferro, associado a movimentos da extrema-direita.
Agora o Sporting deve aguardar pela decisão da Liga, sendo de crer que irá seguir os ditames da UEFA. Assim, resta ao clube encontrar alternativas, seja através da remoção, da ocultação (por exemplo com "post-it" ou tirinhas de papel higiénico colados com cuspo) ou da substituição por imagens que, ao invés das actuais, exaltem o amor, a paz, a amizade colorida, a partilha, a fraternidade, o carinho descomplexado, a festa e a concórdia. As propostas que se seguem apelam e valorizam todos estes atributos, e conferirá às equipas visitantes uma atmosfera harmoniosa e fará com que não se queiram ir embora.
O facto de haver ainda gente de cabedal e correntes serve para integrar todas as facções, numa grande torre de babel.