quarta-feira, 14 de março de 2012

Ah, afinal já desconfiam


Hoje, véspera do importante jogo de Manchester, foi dia dos Citizens virem pôr um pouco de creme na prepotência que demonstraram anteriormente.
Foi com alguma estupefacção que pudemos ler, por altura do 1º jogo, que alguns jogadores do City diziam desconhecer os nossos atletas, demonstrando não desconhecimento, porque com certeza tinham feito o trabalho de casa, mas sim sobranceria bacoca. É que nestas alturas, não vá o diabo tecê-las, é da praxe elogiar sempre o adversário, nem que seja o Unidos da Tijuca.
Pessoalmente, gosto desses laivos de grandeza, pois geralmente dão para o torto, como aconteceu na 5ª feira passada. 
Nigel de Jong também veio dizer que, afinal, já nos conheciam, através de video. Quem é este De Jong?? É coreano??
É pena que hoje Mancini já comece a dar valor a alguns dos jogadores do Sporting, como Izamilov, Patrício ou Polga (!!!) , pois preferia que os de Manchester voltassem a jogar de saltos altos, no jogo da 2ª mão.
Mancini, que tem um plantel dourado, com uma extensão e qualidade incontestáveis, veio lamentar-se pelas ausências de Kompany, Zabaleta e Gareth Barry, sendo que Lescott talvez fique no banco, mesmo que não esteja a 100%.
Eu não queria estar com choradinhos mas, num plantel bem mais modesto nas suas várias vertentes, gostaria de relembrar que Rinaudo, Onyewu, Rodriguez, João Pereira e Elias, por diversas razões, não podem dar o seu contributo à equipa. Falamos de 5 jogadores que, em condições normais, fariam parte do 11 titular pelo que, quem deveria vir assoar-se em frente aos microfones seria Sá Pinto.
Mesmo que eu não esteja tão confiante como há uma semana atrás, acredito que possamos voltar a sentir orgulho nesta equipa.
Espero que, para lá dos 3 que Mancini referiu, outros sobressaiam, de modo a ficarem com um conhecimento mais aprofundado do nosso plantel.