segunda-feira, 26 de março de 2012

Segredo bem guardado


As publicações desportivas têm que arranjar um eficaz jogo de cintura para tentar cativar os seus leitores, diariamente.
É sobejamente conhecida a predilecção de alguns por determinados clubes, em detrimento de outros, sendo que não há nenhum jornal ou televisão que nutra simpatia especial pelo Sporting.
Não bastava não termos, nem se vislumbrar um canal de televisão próprio, ainda temos que andar em guerras e disputas por notícias que visam enfraquecer-nos, enquanto outros fazem geralmente capa com o que interessa aos seus adeptos, bem como outras notícias que não interessam nem às famílias dos visados.
Este tratamento diferenciado sempre me causou estranheza, pois se para além de "informar", estes meios de comunicação também pretendem ser viáveis financeiramente, o facto de tentarem inferiorizar um clube com largos milhões de adeptos não parece uma estratégia inteligente.
Com a contribuição de minha parte, quem acompanha este blogue sabe-o, não contam.
Mesmo que, globalmente, sejam parciais e pouco éticos, não têm aparentemente nenhuma guerra declarada ao Sporting, nem há frentes de batalha activas, excepto quando o Sporting se põe a jeito.
Assim, também há que adoçar a boca do fiel adepto sportinguista, todos aqueles que ainda compram os jornais desportivos, numa hábil manobra de aparente idêntico tratamento. Por isso, temos acesso também. quando Cardozo não fez nada de especial nesse dia, ou aproveitando o facto de Hulk  ter ido ao dentista, a saber das banalidades dos jogadores leoninos.
O tal jogo de cintura que falei no início tem que ser bastante imaginativo, e os adeptos agradecem por poder ocupar o seu dia, ficando a saber de pormenores dos seus ídolos, por pouca importância que possam ter.
Já nos habituámos, há anos, a ter telejornais que debitam 20 ou 25 minutos de notícias que podem ter interesse, e os restantes 40 ou 50!!! minutos são a extensão do jornal O Crime, o Correio da Manhã ou O Jornal do Incrível. Longe vão os tempos dos telejornais de 30 minutos, pois a luta pelo share e audiências a isso obriga.
Os jornais desportivos também têm 3 ou 4 páginas de interesse, e o resto é papel para embrulhar copos (para não fazer alusão a hábitos de higiene quando falha o papel higiénico ou o papel de embrulho).
Como de quando em vez também gosto de saber o que não interessa, hoje pude ler, online, claro está, que Matias Fernandez precisa de mimo.
Ainda pensei no popular tarifário de rede móvel, mas uma leitura mais atenta deu para desvendar que o chileno é muito sensível e precisa de ser acarinhado pela equipa técnica.
Diz também o referido jornal que..."Matías Fernández é um jogador que tem especial necessidade de se sentir acompanhado e apoiado pela equipa técnica, tal como já confidenciaram a O JOGO treinadores que orientaram El Crá no Chile. O médio acusa os maus momentos e carece de especial acompanhamento psicológico. Conhecedor do perfil do internacional chileno e sempre preocupado em injectar moral no conjunto,Ricardo Sá Pinto conseguiu transmitir a confiança que El Crá tanto gosta de sentir. Tal factor não será estranho à maior regularidade e influência demonstradas pelo atleta nos últimos tempos".
Ao ler esta passagem fiquei preocupado, por saber que Matias pode ter ataques de ansiedade ou qualquer outro efeito secundário, caso não tenha o acompanhamento adequado.
Todos nós reparámos na subida de rendimento do chileno, mas pensava estar relacionado com o posicionamento que agora ocupa no campo, na subida de rendimento global da equipa, e em índices físicos  ligeiramente superiores.
Afinal, parece que o segredo está no acompanhamento psicológico.
No entanto, já Domingos devia ter algum tipo de atenção pois, em circunstâncias normais, quando Bojinov empurrou Matias para marcar a grande penalidade da desgraça, o chileno deveria ter feito uma birra, ou deveria ter chorado compulsivamente, agarrado à bola.
Como nada disto aconteceu, acredito piamente que já lhe tinham lido o último livro de Eduardo Sá umas 15 vezes.
E uns beijinhos e umas palmadinhas nas costas, também !!