sexta-feira, 14 de junho de 2013

Últimas do dia

As últimas horas do dia 13 trouxeram algumas boas e outras más notícias.
O grande destaque, pela positiva, prende-se com a renovação do técnico de futsal, Nuno Dias, até 2016.
Tive oportunidade de referir, no início da época, que o grande upgrade da secção era a contratação deste treinador, mesmo que o regresso de Divanei tenha significado colocar a peça que faltava no puzzle.
Pode ser um tiro no escuro o que estou a dar, mas estou convencido que a renovação prende-se não só pela qualidade demonstrada, como também para refrear a voragem de um clube que inveja tudo o que vista de verde e branco, e que sobrevive alimentando-se dos frutos do árduo trabalho executado em Alvalade.

Também é notícia que o Sporting está interessado em Bebé.
Após ter lido a boa nova da renovação de Nuno Dias, e talvez por ainda estar focado no futsal, quando dei com os olhos na palavra Bebé pensei tratar-se do guarda-redes de futsal do Benfica.
Quase não ganhei para o susto.
Parece que, afinal, se trata do avançado que o Manchester adquiriu ao Guimarães, por 9 milhões de euros na época 2010/11.
Parece que lá pela velha Albion também se atira dinheiro pela janela, mas com os problemas dos outros podemos nós bem.
Pois bem, daí para cá, entre empréstimos, lesões e confissões de que cometeu o erro de ser pouco profissional, Bebé marcou 1 golo, nas 3 épocas nos campeonatos por onde passou. 
No Sporting, ser-se pouco profissional também fez escola.

Depois de uma boa e uma má notícia, outra boa.
Bojinov interessa ao Espanyol de Barcelona.
Pode rapidamente passar a má notícia, quando vierem desmentir o interesse. 

Interessante e original é também a notícia que, se para o campeonato contassem apenas os golos dos portugueses, o Braga seria campeão e o Sporting ficaria em antepenúltimo.
Como esta gente não tem mais nada para fazer, seria igualmente um prazer saber a classificação de outros campeonatos europeus, e se o Real Madrid, por exemplo, desceria de divisão.
Sérgio Ramos foi o melhor marcador da equipa, onde só 4 jogadores espanhóis molharam a sopa.
Também não seria de desdenhar uma classificação onde só contassem os jogos apitados por João Capela.
O Sporting conseguiria um ponto, em 9 possíveis, e certamente desceria de divisão.
Ser jornalista desportivo deve, de facto, ser uma profissão que entretém muito.
Deve ser melhor do que fazer sudoku.