segunda-feira, 10 de junho de 2013

Verdadeiro ou falso?

Poucas são as certezas relativamente ao plantel que nos está destinado na próxima época.
Das muitas incertezas, vamos tendo notícias quase diariamente, ora com informações relativas a saídas, permanências, ou...nem uma ou outra.
Labyad tem sido dos que mais páginas tem enchido.
Penso que nem um chouriço enche tanto.
Hoje, para entremear com a informação de que o marroquino está sob alçada disciplinar do clube,  por declarações prestadas à comunicação social, surgem outras declarações. As do seu empresário.

Diz ele:
 
«Labyad admirou-se porque se sente muito bem em Alvalade e não pensa sair do Sporting. Problemas com o salário? Essa questão nem sequer se coloca».

Veerman adiantou ainda que Labyad não teve propriamente uma primeira época de bom nível em Alvalade mas garante: 
 
«Este ano vão ver o verdadeiro Labyad! E é no Sporting que quer ficar»
 
Fico aliviado por saber que este ano iremos ver o verdadeiro Labyad. 
Resta saber se o iremos ver em Alvalade, noutro estádio português...ou noutro qualquer campeonato.
Resta também saber se o falso Labyad, o do ano passado, era o que recebia 900 mil euros anuais, e o deste ano, o verdadeiro, será o dos 2 milhões de vencimento (a fazer fé no que diz a imprensa).
Eu sei que o seu representante fundamenta o menor rendimento do jogador na falta de adaptação à nova realidade bem como a ter começado a preparação com algum atraso mas, quem sabe, a adaptação ao novo ordenado também possa ser um factor importante na nova imagem que parece querer vir a dar.
Veremos se a direcção também será sensível à justificação.