terça-feira, 23 de julho de 2013

Em balde

O jornal O Jogo faz hoje capa com o hipotético desaparecimento de mais duas pérolas leoninas.
Moreto Cassamá, estrela dos juvenis, e Idrisa Sambú, ambos com 15 anos e oriundos da Guiné-Bissau, estão em parte incerta desde meados deste mês, tendo faltado a todos os teinos sem qualquer justificação.
Outro ponto em comum em ambos os atletas é também estarem sob alçada do já famoso Catio Baldé, o tutor do também desertor Bruma.
A confirmar-se esta notícia, o que poderia parecer uma batalha por uma choruda comissão estará a tornar-se numa guerra de maiores proporções, e a luta da direcção leonina pela defesa dos seus interesses poderá ser embalde.
É que a ambição e poder destes marginais do futebol tem ganho cada vez mais força, mais ainda quando são tutores de crianças à sua mercê.
Como foi amplamente noticiado, Bruma baldou-se para o Sporting e, sendo ele maior de idade, creio ter aos seus ombros uma grande fatia no previsível desfecho, caso se confirme a sua saída.
Já os jovens de quem hoje se fala não terão grandes responsabilidades, dado que estão nas mãos e vontade deste sujeito.
No entanto, a guerra poderá não ficar por aqui, pois o Baldé é responsável por um balde de jogadores que evoluem na Academia.
Já esteve perto de ser um contentor, mas desde a saída de Agostinho Cá, Edgar Ié e outros jovens guineenses, o cenário ficou mais desanuviado.
Enquanto esperamos novidades por mais este duelo Sporting/Baldé, resta aconselhar o empersário guineense a ir fazer um balde.
Sempre podem caber mais alguns.