sábado, 12 de maio de 2012

Ganhar x 4


Uma arreliadora e prolongada quebra no serviço de internet impediu-me de seguir a maior parte das importantes incidências deste Sábado.
Depois do início prometedor do Futebol de Praia e da vitória lógica mas sempre saborosa do Andebol, chegámos ao intervalo dos juniores ainda com o serviço de internet a bombar, mas pouco depois deu-se o apagão, e a impossibilidade de saber mais rapidamente o que se passava nos campos e pavilhões por onde a camisola listada passeava a sua classe.
Foi-o na Academia, com a saborosa vitória e conquista do título nacional, que apesar de parecer uma inevitabilidade, penso ter tido um valor acrescido.
É que a época passada foi a primeira, desde que a Academia é conhecida como tal, que o Sporting não venceu nenhum dos 3 títulos nacionais dos escalões de formação, e o prematuro afastamento de iniciados e juvenis na corrente época delegavam nos juniores inverter esta curta mas dolorosa realidade.
Após o apagão, o telemóvel foi recebendo mensagens, e assim não tive que esperar pelo ressuscitar do computador para ter a contida alegria de mais um troféu para as nossas vitrinas.
No futsal a lógica também prevaleceu, e o Sporting deu um importante passo para chegar às meias-finais da competição, ao vencer o SL Olivais por 1-3, tendo agora um (ou dois) jogos em casa para o confirmar.
O Hóquei em patins também fez a sua festa em casa ao derrotar o Parede por 7-4, e deste modo aumentou a vantagem para o 2º classificado para 5 pontos. para terminar a época em beleza, só falta conquistar o titulo nacional da divisão secundária.
Para finalizar, falta preservar a vitória tangencial que se verifica frente ao Braga, ao intervalo, para homenagear a dedicação da óptima moldura humana que fez questão de fazer a despedida de Alvalade, e antes da final do Jamor.
Quando não está nada em jogo, a não ser o prestígio, é a prova de que o adepto sportinguista é, indubitavelmente, diferente.