quarta-feira, 9 de maio de 2012

A ternura dos 40


Quando o jogo do Dragão já caiu no esquecimento da maioria, seguindo o percurso normal no arquivamento das emoções, o certo é que perdurarão para alguns sportinguistas os momentos amargos de uma arbitragem que viciou o resultado, na festa há muito programada.
Nesse jogo, Polga foi quase unanimemente elogiado,  vendo manchada a sua exibição pelo penalti (precedido de falta)  e pela injusta expulsão (assim considerada por toda a imprensa ).
O certo é que volta a falar-se do experiente central neste final de época, tanto por detractores (a esmagadora maioria) como por defensores (a minoria, à qual se junta a família, alguns amigos e o empresário).
Este blogue não vive há tempo suficiente para lhe ter tecido rasgados elogios, como os que mereceu nas suas primeiras épocas em Portugal e, infelizmente para o jogador e para o clube, tivemos que o criticar, quando se exibiu a níveis pouco consentâneos com a sua qualidade e com a que o plantel necessita.
Pois bem, quando a tal maioria ruidosa (que é uma espécie de maioria silenciosa mas que está sempre a fazer barulho) se prepara para lançar foguetes, com a provável ida do brasileiro para outras paragens, surge o empresário a dizer que o central pode jogar até aos 40 anos. Gilmar, sempre Veloz a defender o seu jogador, aproveitou o bom momento para defender um jogador injustiçado. 
Muitos são os centrais que pertencem aos quadros do Sporting  (Carriço, Rodriguez, Onyewu, Xandão (!!), Illori, Pedro Mendes, Nuno Reis, Mexer, Dier, Torsiglieri, além do próprio Polga)  e, deste modo, é difícil perspectivar quais estão na calhar para "rejuvenescer" o centro da defesa, mas o que mais me preocupa é a qualidade que este sector necessita.
Até esse enigma ficar resolvido, fico a olhar para a época 2019, e imaginar a nossa equipa quase-campeã de juniores, reforçada com o quarentão Polga a comandar a defesa e Pedro Venâncio, esteio de outras épocas, por essa altura com 56. 
Pode parecer uma idade exagerada, mas o seu empresário perspectiva  que ele poderá estar a passar por uma boa fase e garante que os joelhos de Venâncio estarão em melhor estado que os de Rodriguez.