quarta-feira, 13 de junho de 2012

Praga Fashion 2013


Já foi aqui falado, bem como um pouco por toda a blogosfera leonina, sobre a hipotética camisola alternativa do Sporting para a época 2012/13. Esta poderá virar uma página no que tem sido hábito mas, ao mesmo tempo, criar uma autêntica onda de contestação ou repúdio ao modelo apresentado, caso se confirme o boato.
Já emiti a minha opinião relativamente a esta hipótese mas, de qualquer modo, sempre no campo das hipóteses, quero ver o conjunto final para tecer mais considerações.
No entanto, cada vez mais me inclino para que esta venha mesmo a ser uma realidade.
Se recuarmos até ao ano de 2010, pudemos constatar que a marca que nos veste optou por modelos com uma génese idêntica, nos equipamentos de algumas selecções que marcaram presença no mundial da África do Sul.
Pelo que foi possível constatar na altura, a moda Prêt-à-Porter Primavera-Verão desse ano incluía um padrão tipo, onde destacava a particularidade de fugir à habitual ortogonalidade cromática ao apresentar uma faixa oblíqua, junto ao ombro direito.
Foi assim nas camisolas do Gana, da Costa do Marfim e dos Camarões.A do Sporting foi ao encontro desse modelo, num equipamento aliás muito bem conseguido e que agradou à maioria.
A referida faixa era ornamentada com algum símbolo alusivo à equipa, e a coisa girou à volta da estrela ganesa, do elefante marfinense ou do leão dos camarões. Mais um pouco e este servia para a nossa camisola, mas acabámos por conseguir garantir um leão, à Sporting.
Parece que os designers da Puma dormiram sobre o assunto e, após terem tentado várias nuances, limitaram-se a espelhar a ideia e viraram a faixa ao contrário, sobre o ombro esquerdo. Se ainda tinha algumas reticências quanto à veracidade do modelo que foi difundido, ao ver a camisola alternativa da República Checa, fez-se luz.
Desta vez parece que não foram beber a ideia a África e viraram-se para terras de Leste.