sexta-feira, 1 de junho de 2012

O pereiral


Parece que se está a cozinhar a sobrevivência da maioria dos blogues leoninos.
A confiar na notícia d' O Jogo, Bruno Pereirinha está prestes a prolongar o seu vínculo com o Sporting até 2014/15.
Dado que Pereirinha é tudo menos consensual no universo sportinguista, o nosso futuro está assegurado.
Para o bem ou para o mal, teremos motivos de conversa nos próximos três anos.
Não vou agora estar a analisar o percurso do nosso médio-ala-lateral-direito, até porque em devido tempo fiz as apreciações que achei convenientes.
Parece-me é de realçar que este nosso jogador parece um sempre-em-pé,  que tem 7 vidas ou, então, será mesmo um artista na corda bamba.
Já esteve várias vezes condenado ao ostracismo, ao esquecimento ou ao desprezo total, mas o certo é que nunca cai.
Quando está sempre presente o aproveitamento que se pode ou não fazer dos produtos da Academia,  o nosso 25 teima em querer demonstrar que nem tudo o que sai de Alcochete é craque, mas pode vir a ser útil.
Nas comparações que se fazem amiúde, ainda levamos vantagem aparente.
Seixal é um terreno onde abunda seixo ou cascalho, e realmente de lá só têm saído pedregulhos.
Olival é um terreno mais pródigo, mas o agricultou Costa tem estado mais virado para produtos sul-americanos.
O nosso Pereiral foi abalado com o abate de uma Pereira, mas continuaremos com uma Pereirinha, à espera que, com o passar dos anos, os frutos sejam cada vez mais doces.