quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Isto não...

Há poucos meses atrás, o Sporting fazia manchete nos jornais pelos piores motivos.
A muito custo, e graças a um trabalho notável, a actual direcção recolocou o nome do Sporting no seu devido lugar, tal como tem vindo a recuperar o orgulho dos seus adeptos.
Apesar dos resultados desportivos poderem ser efémeros, é com alegria que temos visto as últimas exibições e as mais recentes vitórias das modalidades, cujo futuro parecia sombrio.
Hoje, infelizmente, as tristes imagens de alguns adeptos leoninos a vandalizar um carro de apoio do rival encarnado farão com que o Sporting regresse à actualidade, pelos piores motivos.
Não me anima saber que os outros fazem o mesmo.
Não quero saber se os adeptos do Celta de Vigo sofreram, no Dragão e arredores, a pior tarde das suas vidas.
Não me interessa ter visto as imagens da carga dos adeptos benfiquistas, nos arredores da Amoreira, antes do jogo da Taça de Honra.
Isto só para falar das mais recentes.
O ódio de estimação que nos move contra os rivais, tem que começar e acabar nas nossa cabeças.
Se a vingança fosse motivo para retaliações, a guerra da Jugoslávia ainda não tinha terminado.
Eu sei que alguns se sentirão orgulhosos pelo sucedido. Poderão até considerar que isto não é nada, se comparado com outras atitudes perpretadas.
No entanto, isto para mim não é o Sporting, nem reflecte os princípios que defendemos.
Tal como aponto as virtudes, não me sentiria bem se não apontasse também alguns erros...grosseiros.