sexta-feira, 13 de julho de 2012

Sporting apresenta hoje jogador


O Sporting anunciou que vai hoje apresentar um reforço para a equipa principal, numa cerimónia agendada para as 17.15 horas.
Dado que há dois dias atrás o presidente Godinho Lopes comunicou que a apresentação do defesa central estava para breve, tudo indica que possa ser este o jogador a comparecer perante adeptos e jornalistas, a menos que uma pouco provável surpresa de última hora aconteça.

Se tal cenário se concretizar, as portas para a saída de Rodriguez estarão escancaradas, e até a imprensa espanhola aponta para essa possibilidade. 
Por falar em Rodriguez e em jornais espanhóis, há uns meses atrás o diário Marca fez uma lista das lesões mais estranhas que aconteceram a futebolistas. Esse rol apresentava algumas bem curiosas, como as que se seguem:



Alessandro Nesta. O central do AC Milan fez uma rotura num tendão do pulso enquanto jogava PlayStation. Ficou um mês de baixa.

Rio Ferdinand. O defesa do Manchester United estava a descansar no sofá. O telefone tocou, ele esticou-se para o agarrar e lesionou-se no joelho. Não foi grave: um jogo de fora.

Santiago Cañizares. Esta merece uma menção especial. O guarda-redes espanhol do Valencia, titular indiscutível da seleção, falhou o Mundial de 2002 porque deixou cair um frasco de perfume… Para evitar que o frasco se partisse, tentou defendê-lo com o pé. Resultado: cortou o tendão de um dedo.

Carlos Tevez. O avançado argentino do Manchester City torceu o tornozelo quando escorregou no duche. Ficou um jogo de baixa.

Carlos Cudicini. O guarda-redes italiano, na altura no Chelsea, foi um dia passear o cão pela trela. O canídeo puxou-o com tanta força que Cudicini caiu, lesionou-se numa rótula e teve de ser operado. Ficou vários meses de baixa.

Richard Wright: O guarda-redes do Everton tropeçou numa placa que dizia “Não pise a relva” e ficou um jogo lesionado.

David Butty. O antigo jogador de Blackburn Rovers e Newcastle ficou vários meses de baixa ao brincar com o filho no terraço de casa. Foi atropelado pelo triciclo e fez uma rotura no tendão de Aquiles.

Michael Rensing. O guarda-redes alemão sofreu um estiramento nas costas ao baixar-se para atar as chuteiras. Falhou um jogo europeu.

Roy Carroll. O guarda-redes do West Ham lesionou-se na rótula ao enrolar-se nas redes da sua baliza, após sofrer um golo.

Martín Palermo. Quando estava no Villarreal, o avançado argentino foi celebrar um golo com os adeptos e caiu da rede onde estava agarrado. Partiu a tíbia e o perónio e ficou vários meses sem jogar.

Sergio García. O avançado do Espanhol, na altura no Bétis, lesionou-se ao festejar um golo. Atirou-se para o relvado de joelhos mas, em vez de deslizar, ficou preso na relva e lesionou a rótula. Ficou um mês de fora.



Com a provável chegada de Rodriguez ao futebol espanhol, o referido jornal terá provavelmente que reformular esta lista.


Alberto Rodriguez. O defesa peruano sofreu uma luxação no ombro ao assinar contrato com o Corunha e ficou dois meses de fora.

Alberto Rodriguez. O jogador peruano, no seu primeiro jogo oficial, estava a seguir a trajectória da bola com o olhar e sofreu um deslocamento de retina. De baixa mais um mês.

Alberto Rodriguez. O central espirrou e fez uma contractura abdominal de grau 3. Paragem de duas semanas.

Alberto Rodriguez. Numa sessão fotográfica, Rodriguez sofreu uma paralisia facial ao sorrir para uma fotografia com um adepto e fará fisioterapia durante três semanas.

Alberto Rodriguez. O defesa peruano agravou a pubalgia ao tentar subir para a marquesa onde iria passar o resto do dia. Paragem até final da época.


Apesar de tudo, tenho pena que a aventura do jogador no Sporting tenha sido tão curta porque, não fossem as lesões e certamente seria Rodriguez e mais alguém, no centro da defesa.
Será que alguma vez pensaram em levá-lo ao dentista??